Sábado, 22 de Outubro de 2011

TOP DE VENCIMENTOS NA ILHA DA MADEIRA

 

       

body,html { overflow-y: hidden; overflow-x: hidden;}


 

                   Com os melhores cumprimentos,

 

  

Top dos Gestores Madeirenses

 



 
ANTÓNIO ALMADA CARDOSO, SESARAM - É o gestor público mais bem pago, pois aufere 7.421 euros, incluindo 1.663 euros de despesas de representação. O presidente do Conselho de Administração do Serviço Regional de Saúde acumula com o exercício de funções clínicas.

 


 
NUNO HOMEM COSTA, HORÁRIOS DO FUNCHAL - Apesar de ter direito a uma reforma de 3.874 euros como militar e oficial DA PSP, aufere mais 6.063 euros por mês como presidente da HF, incluindo os 1.399 euros para despesas de representação já que o vencimento mensal líquido é de 4.664 euros.

 


PIMENTA DE FRANÇA, IGA - O responsável pela empresa de gestão da água, lixo e esgotos aufere 5.920 euros por mês, sendo o gestor que tem o mais elevado gasto em despesas de representação (1.716 euros), facto explicável por acumular funções em três empresas.

 


RUI REBELO, EEM - O presidente da maior empresa pública regional foi relegado para o terceiro posto, com uma remuneração total

mensal de 6.051 euros, com a particularidade de já não haver aumentos desde 2004

  
PEDRO FERREIRA (Metropolitana) é um dos mais bem pagos, pois aufere 3.993euros de ordenado, a que acrescem 1.397 euros de despesas de representação, totalizando 5,532 euros.
Obs: Afectando 32% dos encargos com o pessoal para pagar a administração (138 mil), o engenheiro lidera a empresa que tem o maior passivo bancário: 179,7 milhões de euros.

 

 

RICARDO MORNA JARDIM (Madeira Parques) tem um ordenado de 5.499 euros, sendo o gestou que inscreveu o valor mais alto por conta do combustível (250 euros – imensos km naquela ilhita).
Obs: Lidera a gerência mais cara, a única com dois administradores a tempo inteiro que custam 148.336 euros, o que representa 45,3% dos encargos com os ...oito funcionários.


RUI ADRIANO está legalmente reformado (2.737euros) desde 2007, mas enquanto presidente da Sociedade de Desenvolvimento do Norte aufere 5.249 euros.
Obs: Sendo o único administrador executivo, afecta 100% dos 86.302 euros de custos com a gerência, ou seja 9,9% dos gastos com o pessoal. É o que mais gasta em despesas de representação: 28 mil.


FRANSCISCO TABOADA (Porto Santo) tem 5.249 euros como remuneração base, com a curiosidade de ser o segundo com maior gasto de

combustível (200 euros -  é preciso andar muitos KM diariamente na ilha).


Obs: O seu cargo e a administração da empresa representam apenas 9% dos encargos com o pessoal, embora a sociedade que lidera seja a que soma mais prejuízos: 32,3 milhões de euros.


 

RAUL CAIRES ganha 4.893 euros no Madeira Tecnopolo.


 

BRUNO FREITAS invoca as remunerações dos presidentes dos portos de Lisboa (6.415 euros) e Sines (5.675) para legitimar remuneração de 5.359 euros enquanto presidente DA APRAM.


 

JORGE FARIA, o presidente do IDE, tem direito a 4.808 euros por mês.
Fonte: DN- Madeira

http://www.netmadeira.com/noticias/economia/2010/2/7/sociedades-devem-664-milhoes-e-vao-pedir-mais-100

 


PAULO SOUSA (Ponta Oeste) tem uma remuneração total de 5.514 euros.
Obs: A empresa que lidera é a que está em maiores dificuldades, com o maior passivo (206,2 milhões) e dívidas a fornecedores (8,7). E é o que gasta mais em deslocações (41.773), embora a administração represente 9,6% dos encargos com o pessoal.


 Fonte:http://www.dnoticias.pt/impressa/diario/217409/economia/217464-gestores-publicos-Sao-pagos-sem-regras-ou-criterios

 

Com a devida vénia do  "Politica-pura-e-dura"

 

Frase actualíssima por Barra da Costa, criminologista, “Jornal de Notícias”, 30-08-2008: “Portugal é hoje um paraíso criminal onde alguns inocentes imbecis se levantam para ir trabalhar, recebendo por isso dinheiro que depois lhes é roubado pelos criminosos e ajuda a pagar ordenados aos iluminados que bolsam certas leis”.


Comissão diz que eventual necessidade de mais ajuda a Portugal depende da Grécia

A Comissão Europeia acredita que Portugal não precisa, para já, de um segundo pacote de ajuda financeira, mas isso pode mudar devido à situação na Grécia, disse hoje um porta-voz do executivo europeu, em Bruxelas.

 

“O que acontece na Grécia tem impacto em todo o lado, em Portugal, na Alemanha...”, disse Amadeu Altajaf, que é porta-voz da Comissão Europeia, sublinhando ainda que, em termos de reacção de mercado, “os países que têm maior pressão sofrem mais”.

Segundo adiantou o porta-voz do comissário para os Assuntos Económicos, o actual programa de ajuda externa a Portugal está “financiado de forma suficiente”, mas não afastou a hipótese de a situação poder piorar, nomeadamente por influência de “eventos que estão fora do alcance” português.

Esta posição vem ao encontro do que foi dito pelo primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho, na sua entrevista televisiva da semana passada, onde admitiu a eventualidade de ter de renegociar o empréstimo feito pela troika a Portugal e não excluiu a possibilidade de um segundo empréstimo, "se alguma coisa muito grave acontecer na Grécia".

De resto, Altajaf reafirmou a ideia de que Portugal está a cumprir o que foi acordado no Memorando de Entendimento com a troika. “Portugal aplicou o programa estritamente, o registo [de aplicação] é muito bom, há um consenso político amplo, e não apenas do governo”, explicou Altafaj, à margem da conferência de imprensa diária da Comissão, citado pleo Diário Económico.

"Também eu procuro a pedra, a filosofia real, um rumo pra vida!"

 

publicado por blogdaportugalidade às 17:29
link | comentar | favorito

Mas há muito mais,Sr Presidente!!!

Mas ,alguns já estão ,agora no POLEIRO

 

 

                                 Data: 14 de outubro de 2011 14:41

 ARTISTAS  PORTUGUESES

Convém recordar: António Lobo Xavier

 

Administrador não executivo da Sonaecom, da Mota-Engil e do BPI, António Lobo Xavier auferiu 83 mil euros no ano passado (não está contemplado o salário na operadora de telecomunicações, já que não consta do relatório da empresa). Tendo estado presente em 22 encontros dos conselhos de administração destas empresas, o advogado ganhou, por reunião, mais de 3700 euros.

-

Estes é um dos indivíduos que vai rotineiramente à televisão explicar aos portugueses a necessidade de sacrifícios e de redução de salários...

-

 Sábado, 30 de Julho de 2011 Convém recordar: José Pedro Aguiar-Branco

 

O ex-vice presidente do PSD José Pedro Aguiar-Branco é outro dos "campeões" dos cargos nas cotadas nacionais. O advogado é presidente da mesa da Semapa (que não divulga o salário do advogado), da Portucel e da Impresa, entre vários outros cargos. Por duas AG em 2009, Aguiar-Branco recebeu 8 080 euros, ou seja, 4 040 por reunião.

-

Estes é um dos indivíduos que vai rotineiramente à televisão explicar aos portugueses a necessidade de sacrifícios e de redução de salários...

E agora é Ministro da Defesa.

-

  Sexta-feira, 29 de Julho de 2011 Convém recordar: António Nogueira Leite

 

Segue-se António Nogueira Leite, que é administrador não executivo na Brisa, EDP Renováveis e Reditus, entre outros cargos. O economista recebeu 193 mil euros, estando presente em 36 encontros destas companhias. O que corresponde a mais de 5 300 euros por reunião.

-

Estes é um dos indivíduos que vai rotineiramente à televisão explicar aos portugueses a necessidade de sacrifícios e de redução de salários...

-

 Quinta-feira, 28 de Julho de 2011 Convém recordar: João Vieira Castro

 

O segundo mais bem pago por reunião é João Vieira Castro (na infografia, a ordem é pelo total de salário). O advogado recebeu, em 2009, 45 mil euros por apenas quatro reuniões, já que é presidente da mesa da assembleia geral do BPI, da Jerónimo Martins, da Sonaecom e da Sonae Indústria.

-

 Quarta-feira, 27 de Julho de 2011 Convém recordar: Daniel Proença de Carvalho

 

Proença de Carvalho é o responsável com mais cargos entre os administradores não executivos das companhias do PSI-20, e também o mais bem pago. O advogado é presidente do conselho de administração da Zon, é membro da comissão de remunerações do BES, vice-presidente da mesa da assembleia geral da CGD e presidente da mesa na Galp Energia. E estes são apenas os cargos em empresas cotadas, já que Proença de Carvalho desempenha funções semelhantes em mais de 30 empresas. Considerando apenas estas quatro empresas (já que só é possível saber a remuneração em empresas cotadas em bolsa), o advogado recebeu 252 mil euros. Tendo em conta que esteve presente em 16 reuniões, Proença de Carvalho recebeu, em média e em 2009, 15,8 mil euros por reunião.

-

Estes é um dos indivíduos que vai rotineiramente à televisão explicar aos portugueses a necessidade de sacrifícios e de redução de salários...

-

  Terça-feira, 26 de Julho de 2011 Convém recordar: Gestores não executivos recebem 7 400 euros por reunião!!!

 

Embora não desempenhem cargos de gestão, administradores são bem pagos.

Por cada reunião do conselho de administração das cotadas do PSI--20, os administradores não executivos - ou seja, sem funções de gestão - receberam 7427 euros. Segundo contas feitas pelo DN, tendo em conta os responsáveis que ocupam mais cargos deste tipo, esta foi a média de salário obtido em 2009. Daniel Proença de Carvalho, António Nogueira Leite, José Pedro Aguiar-Branco, António Lobo Xavier e João Vieira Castro são os "campeões" deste tipo de funções nas cotadas, sendo que o salário varia conforme as empresas em que “trabalham”.

-

Estes são alguns dos indivíduos que vão rotineiramente à televisão explicar aos portugueses a necessidade de sacrifícios e de redução de salários...

Tribunal de Contas - Portugal
Av. da República, Nº65
1050-159 Lisboa

 

 

  CRISE EM PORTUGAL - medidas a tomar!!!

 

 

Agora com as medidas do FMI vem isto tudo e mais algumas coisinhas .



 

 

 

Ler com atenção e reencaminhar em Bcc

Muita  atenção ! O problema é :
Como inverter a situação ?????????? (Jacqueline)
 

"Ora aqui vai outro importante contributo, para que o Ministro das Finanças não continue a fazer de nós parvos, dizendo com ar sonso que não sabe em que mais cortar.
Acabou o recreio!
 Se todos vocês reencaminharem como eu faço, ao fim do dia seremos centenas de milhar de "olhos mais bem abertos". Orçamento do Estado
 Todos os ''governantes'' [a saber: os que se governam...] de Portugal falam em cortes das despesas, mas não dizem quais, e aumentos de impostos, a pagar pela malta
 Não ouvi foi nenhum governante falar em:
.Reduziras mordomias (gabinetes, secretárias, adjuntos, assessores, suportes burocráticos respectivos, carros, motoristas, etc.) dos três Presidentes da República retirados.
.
Reduçãodos deputados da Assembleia da República e seus gabinetes, profissionalizando-os como nos países a sério. Reforma das mordomias na Assembleia da República, como almoços opíparos, com digestivos e outras libações,tudo à custa do pagode
.
Acabarcom os milhares de Institutos Públicos e Fundações Públicas que não servem para nada e têm funcionários e administradores com 2º ou 3º emprego.
.
Acabarcom as empresas Municipais, com Administradores a auferir milhares de euros mês e que não servem para nada, antes acumulam funções nos municípios, para aumentarem o bolo salarial respectivo.. Redução drástica das Câmaras Municipais e Assembleias Municipais, numa reconversão mais feroz que a da Reforma  do Mouzinho da Silveira, em 1821, etc
.
Reduçãodrástica das Juntas de Freguesia.
.
Acabarcom o pagamento de 200 € por presença de cada pessoa nas reuniões das Câmaras e 75 € nas Juntas de Freguesia
.
Acabarcom o Financiamento aos Partidos. Que devem viver da quotização dos seus associados e da imaginação que aos outros exigem para conseguirem verbas para as suas actividades
.
Acabarcom a distribuição de carros a Presidentes, Assessores, etc, das Câmaras, Juntas, etc., que se deslocam em digressões particulares pelo País.
.
Acabarcom os motoristas particulares 20 h/dia, com o agravamento das horas extraordinárias... para servir suas excelências, filhos e famílias, e até os filhos das amantes.... Acabar com a renovação sistemática de frotas de carros do Estado e entes públicos menores, mas maiores nos dispêndios públicos.
.
Colocarchapas de identificação em todos os carros do Estado. Não permitir de modo algum que carros oficiais façam serviço particular tal como levar e trazer familiares e filhos às escolas, ir ao mercado a compras, etc.

 Acabarcom o vaivém semanal dos deputados dos Açores e Madeira e respectivas estadias em Lisboa em hotéis de cinco estrelas pagos pelos contribuintes que vivem em tugúrios inabitáveis...
.
Acabarcom os "subsídios" de habitação e deslocação a deputados eleitos por circulos fora de Lisboa... que sempre residiram na Capital e nunca tiveram qualquer habitação nos circulos eleitorais a que concorreram!
.
Controlaros altos quadros "colocados" na Função Pública(pagos por nós...) que quase nunca estão no local de trabalho. Então em Lisboa é o regabofe total:HÁ QUADROS QUE, EM VEZ DE ESTAREM NO SERVIÇO PÚBLICO, PASSAM O TEMPO NOS SEUS ESCRITÓRIOS DE ADVOGADOS A CUIDAR DOS SEUS INTERESSES, QUE NÃO OS DA COISA PÚBLICA...
.Acabarcom as administrações numerosíssimas de hospitais públicos que servem para garantir tachos aos apaniguados do poder - há hospitais de província com mais administradores que pessoal administrativo. Só o de PENAFIEL TEM SETE ADMINISTRADORES PRINCEPESCAMENTE PAGOS... pertencentes ás oligarquias locais do partido no poder...
.
Acabarcom os milhares de pareceres jurídicos e outros, caríssimos, pagos sempre aos mesmos escritórios que têm canais de comunicação fáceis com o Governo no âmbito de um tráfico de influências que há que criminalizar, autuar, julgar e condenar..
.
Acabarcom as várias reformas, acumuladas, por pessoa, de entre o pessoal do Estado e de entidades privadas, que passaram fugazmente pelo Estado.
.
Pediro pagamento dos milhões dos empréstimos dos contribuintes ao BPN e BPP, com os juros devidos!
.
Perseguiros milhões desviados por Rendeiros, Loureiros, Duartes Limas, Arlindos de Carvalho, Varas, Penedos, Lamegos e quejandos, onde quer que estejam e recuperar essas quantias para os cofres do Estado.
. E por aí fora... Recuperaremos depressa a nossa posição, sobretudo a credibilidade tão abalada pela corrupção que grassa e pelo desvario dos dinheiros do Estado .
. Quem pode explicar porque é que o Presidente da Assembleia da República
(o "Bocassa" Gama) tem, ao seu dispor, dois automóveis de serviço? Deve ser um para a "pasta" e outro para a "lancheira"!...
Enviea, pelo menos, 10 pessoas.
Isto não pode parar. Nós contribuintes pagamos tudo. E só temos culpa porque somos frouxos, passivos, indolentes.

 
Façam chegar este mail aos homens do FMI.

 

publicado por blogdaportugalidade às 17:13
link | comentar | favorito

E anossa Sr PRESIDENTE ??????PERGUNTO-LHE SE OS SACRIFICIOS ESTÃO DEVIDAMENTE DISTRIBUIDOS POR TODOS OS PORTUGUESES...

 

PR

Cavaco Silva diz que reestruturação da dívida da Grécia não é boa solução (SIC)

O PresideCavaco Silva diz que reestruturação da dívida da Grécia não é boa solução (SIC)nte da República diz que uma reestruturação da dívida da Grécia não é uma boa solução e espera que Portugal nunca precise de seguir esse caminho. À saída da cerimónia de entrega de um prémio literário na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, Cavaco Silva disse que está desiludido com as indecisões dos líderes da zona euro.

 

Sr Presidente da República que se diz ser de tosdos os portugueses...

OLHE SÓ PARA ISTO:

 

São estes "portugueses" que zelam por VÓS!!!!

 

 

 

Miguel Macedo declarou duas residências, uma em Braga e outra em Algés

Ministro recebe subsídio apesar de passar a semana em casa própria na capital

21.10.2011 - 16:00 Por Catarina Gomes

A assessoria de imprensa do Ministério da Administração Interna afirma que o subsídio é legal
 
 
 
 A assessoria de imprensa do Ministério da Administração Interna afirma que o subsídio é legal (Nuno Ferreira Santos/Arquivo)
O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, recebe todos os meses cerca de 1400 euros por subsídio de alojamento apesar de ter um apartamento seu na área de Lisboa onde reside durante toda a semana. A assessoria de imprensa do Ministério da Administração Interna (MAI) afirma que o subsídio é legal, uma vez que o governante tem a sua residência permanente em Braga.

São nove os governantes a quem foi atribuído, por despacho de 29 de Setembro do primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, com o aval do ministro das Finanças, subsídio de alojamento por não terem “residência permanente na cidade de Lisboa ou numa área circundante de 100 km”. Mas Miguel Macedo é o único que na declaração de rendimentos que entregou ao Tribunal Constitucional apresenta duas moradas, uma em Braga, de onde é natural e por onde foi eleito, e a outra em Algés, nos arredores de Lisboa, onde tem casa própria e reside durante os dias da semana, confirmou a assessoria de imprensa. O seu rendimento bruto é de 4.240 euros.

A prática é legal, apesar de ser polémica e já ter sido suscitado dúvidas ao longo dos tempos, havendo um parecer do Conselho Consultivo da Procuradoria-Geral da República de 1990 que se debruça sobre o que significa, afinal, ter “residência permanente”. O parecer conclui que Lisboa é, no caso dos titulares de cargos de Governo que não viviam na capital, “uma residência ocasional”, sendo a residência permanente “o local da residência habitual, estável e duradoura de qualquer pessoa, ou seja a casa em que a mesma vive com estabilidade e em que tem instalada e organizada a sua economia doméstica, envolvendo, assim, necessariamente, fixidez e continuidade”. A capital é, segundo o parecer, “apenas onde exercem funções governativas, que por natureza são temporárias em sociedades democráticas”. O parecer conclui ainda que ter casa própria na capital não é impedimento para recepção deste subsídio.

O diploma que fixa o subsídio é já de 1980 e justifica a concessão “com os encargos que resultam para os interessados, agravados pela rarefação de habitações passíveis de arrendamento na cidade”. O despacho de Setembro fixa o valor atribuído no “montante de 75% do valor das ajudas de custo estabelecidas para as remunerações base superiores ao nível remuneratório 18”, que estão definidas em 62,75 euros diários. Feitas as contas, este valor cifra-se em cerca de 1400 euros mensais.

O subsídio de alojamento foi também atribuído ao ministro da Defesa, Aguiar-Branco, a Juvenal Peneda (adjunto do ministro da Administração Interna), aos secretários de Estado Paulo Júlio, Cecília Meireles, Daniel Campelo e Marco António Costa e à subsecretária de Estado adjunta Vânia Barros, que dão moradas na região Norte e Centro. Segundo o jornal Sol, no anterior Executivo o apoio era dado a 13 governantes e entre estes também havia três secretários de Estado com casa própria em Lisboa.

 

Postado por Fonseca dos Santos em 22OUT 2011

publicado por blogdaportugalidade às 17:02
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Outubro de 2011

Para memória futura...Como se constroi uma bomba

Um pouco antes de ser internado num hospital,ouvi e li no telejornal françês fr1,que tinham sido mortos 3 militares franceses no Afganistão devido a uma explosão

de uma bomba de " PERÓXIDO DE AMÓNIA".

Bem,como sempre ,em tempos ,andei sempre actualizado com explosivos e até por que fui oficial de munições de um grupo de Artilharia que perticia à Divisionária do SHAPE,fui logo ver o que era,pois conheço vários peróxidos ,mas não me lembrava ,deste PERÓXIDO DE AMÓNIA.

Para não me alongar mais e se estiverem interessados em aumentar a cultura Geral,versão " NOVAS OPORTUNIDADES",consultem o GOOGLE e escrevem na pesquisa " PERÓXIDO de AMÓNIA", e vêem logo o tipo de grande explosivo que é,a velocidade

de explosão e como é feito e a sua constituição quimica:

Em resumo ,através do GOOGLE podem ficar a saber como se faz uma "BOMBA",que poderá um dia a vir a ser útil...

Digo isto,por que sou neto de um REPUBLICANO que antes da implantação da República ,amedrontar populações com

bombas artesanais...e nessa altura não havia INTERNET...

É de espantar...,mas já tivemos também rêdes bombistas ,após o 25 de Abril...

 

É PRECISO RESPEITO...

 

postado por Fonseca dos Santos em

publicado por blogdaportugalidade às 12:33
link | comentar | favorito

NÓS PÔVO PORTUGUÊS ,é que paga....Quando é que acabamos com esta m+++a??????

 ASSUNÇÃO ESTEVES - Presidente da Assembleia da República

http://www.enciclopedia.com.pt/images/mariadaassuncaoesteves.jpgReformou-se aos 42 anos de idade...cansada...muito cansada...
Quadro do partido laranja, e pelo seu partido escolhida para o cargo mais alto da representação do Estado, a seguir ao presidente da República. Aqui se denuncia uma ética política, aqui se denuncia um açambarcamento faccioso, aqui se denuncia uma mentalidade de rapina.
Uns têm que trabalhar até aos 65 anos com reformas  cortadas em 20%, mesmo que tenham descontado para a reforma  durante 40 anos ou mais. São os trabalhadores portugueses, o grosso da população, a classe mais débil, a mais necessitada, a que deveria de ter mais apoios do Estado. Aquela que tudo produz!
Esta personagem importante da quadrilha que governa Portugal,
reformou-se aos 42 anos, com 2.445€/mês, após 10 anos de trabalho.
Os portugueses todos, têm de ganhar a consciência que esta canalha de gente nos destruirá. Dizimar-nos é o objectivo central do grande capital financeiro. Fá-lo-ão de qualquer maneira, sabedores que são, que o seu sistema político não lhes resolve o problema de enriquecimento ilícito ao mesmo tempo acompanhado de algum bem-estar social de décadas atrás. O capitalismo tem como meta a atingir a dominação total dos povos e reduzi-los a uma nova forma de escravatura.

 

 

 

 

É que esta gente não tem vergonha...E odespacho desta fulana a favôr do cidadão Mota Amaral ???

Sr Mota Amaral ,não tem vergonha (??)De receber estes privilégios de um Pôvo que está na penúria ,desempregado,pobre,sem comer,marginalizados,mal vestidos,enquanto que vejo os politicos cada vez mais engravatados,com fatos de 50.000 €feitos em casas especiais,etc ,etc???

 

Isto é a pouca vergonha,mas o PÔVO tem culpa,não passa de um Põvo amesquinhado,sem pensamento à espera que tudo lhe caia do CÉU...

 

postado por fonseca dos santos em 20 de Outubro de 2011

publicado por blogdaportugalidade às 12:23
link | comentar | favorito

Outro REIZINHO no país de pacóvios...Isto é que é DEMOCRACIA.de exilados a politicos...

  Não importa que camisola veste a jornalista, mas que é a de serviço público não há dúvida.

 

 EU ESPERAVA SABER ISTO SÓ DEPOIS DA SUA MORTE.

FELIZMENTE ALGUÉM COM CORAGEM ...


 
O 'GRANDE' MÁRIO SOARES !!!

(artigo de uma jornalista de esquerda!)


Clara Ferreira Alves, no Expresso



Tudo o que aqui relato é verdade. Se quiserem, podem processar-me.

Eis parte do enigma. Mário Soares, num dos momentos de lucidez que
ainda vai tendo, veio chamar a atenção do Governo, na última semana,
para a voz da rua.

A lucidez, uma das suas maiores qualidades durante uma longa carreira
politica. A lucidez que lhe permitiu escapar à PIDE e passar um bom
par de anos, num exílio dourado, em hotéis de luxo de Paris.

A lucidez que lhe permitiu conduzir da forma "brilhante" que se viu o
processo de descolonização.

A lucidez que lhe permitiu conseguir que os Estados Unidos
financiassem o PS durante os primeiros anos da Democracia.

A lucidez que o fez meter o socialismo na gaveta durante a sua
experiència governativa.

A lucidez que lhe permitiu tratar da forma despudorada amigos como
Jaime Serra, Salgado Zenha, Manuel Alegre e tantos outros.

A lucidez que lhe permitiu governar sem ler os "dossiers"..

A lucidez que lhe permitiu não voltar a ser primeiro-ministro depois
de tão fantástico desempenho no cargo.

A lucidez que lhe permitiu pôr-se a jeito para ser agredido na Marinha
Grande e, dessa forma, vitimizar-se aos olhos da opinião pública e
vencer as eleições presidenciais.

A lucidez que lhe permitiu, após a vitória nessas eleições, fundar um
grupo empresarial, a Emaudio, com "testas de ferro" no comando e um
conjunto de negócios obscuros que envolveram grandes magnatas
internacionais.

A lucidez que lhe permitiu utilizar a Emaudio para financiar a sua
segunda campanha presidencial.

A lucidez que lhe permitiu nomear para Governador de Macau Carlos
Melancia, um dos homens da Emaudio.

A lucidez que lhe permitiu passar incólume ao caso Emaudio e ao caso
Aeroporto de Macau e, ao mesmo tempo, dar os primeiros passos para uma
Fundação na sua fase pós-presidencial.

A lucidez que lhe permitiu ler o livro de Rui Mateus, "Contos
Proibidos", que contava tudo sobre a Emaudio, e ter a sorte de esse
mesmo livro, depois de esgotado, jamais voltar a ser publicado.

A lucidez que lhe permitiu passar incólume as "ligações perigosas" com
Angola, ligações essas que quase lhe roubaram o filho no célebre
acidente de avião na Jamba (avião esse transportando de diamantes, no
dizer do então Ministro da Comunicação Social de Angola).

A lucidez que lhe permitiu, durante a sua passagem por Belém, visitar
57 países ("record" absoluto para a Espanha - 24 vezes - e França -
21), num total equivalente a 22 voltas ao mundo (mais de 992 mil
quilómetros).

A lucidez que lhe permitiu visitar as Seychelles, esse território de
grande importância estratégica para Portugal, aproveitando para dar
uma voltinha de tartaruga.

A lucidez que lhe permitiu, no final destas viagens, levar para a
Casa-Museu João Soares uma grande parte dos valiosos presentes
oferecidos oficialmente ao Presidente da Republica Portuguesa.

A lucidez que lhe permitiu guardar esses presentes numa caixa-forte
blindada daquela Casa, em vez de os guardar no Museu da Presidência da
Republica.

A lucidez que lhe permite, ainda hoje, ter 24 horas por dia de
vigilância paga pelo Estado nas suas casas de Nafarros, Vau e Campo
Grande.

A lucidez que lhe permitiu, abandonada a Presidência da Republica,
constituir a Fundação Mário Soares. Uma fundação de Direito privado,
que, vivendo à custa de subsídios do Estado, tem apenas como única
função visível ser depósito de documentos valiosos de Mário Soares. Os
mesmos que, se são valiosos, deviam estar na Torre do Tombo.

A lucidez que lhe permitiu construir o edifício-sede da Fundação
violando o PDM de Lisboa, segundo um relatório do IGAT, que decretou a
nulidade da licença de obras.

A lucidez que lhe permitiu conseguir que o processo das velhas
construções que ali existiam e que se encontrava no Arquivo Municipal
fosse requisitado pelo filho e que acabasse por desaparecer
convenientemente num incêndio dos Paços do Concelho.

A lucidez que lhe permitiu receber do Estado, ao longo dos últimos
anos, donativos e subsídios superiores a um milhão de contos.

A lucidez que lhe permitiu receber, entre os vários subsídios, um de
quinhentos mil contos, do Governo Guterres, para a criação de um
auditório, uma biblioteca e um arquivo num edifico cedido pela Câmara
de Lisboa.

A lucidez que lhe permitiu receber, entre 1995 e 2005, uma subvenção
anual da Câmara Municipal de Lisboa, na qual o seu filho era Vereador
e Presidente.

A lucidez que lhe permitiu que o Estado lhe arrendasse e lhe pagasse
um gabinete, a que tinha direito como ex-presidente da República,
na... Fundação Mário Soares.

A lucidez que lhe permite que, ainda hoje, a Fundação Mário Soares
receba quase 4 mil euros mensais da Câmara Municipal de Leiria.

A lucidez que lhe permitiu fazer obras no Colégio Moderno, propriedade
da família, sem licença municipal, numa altura em que o Presidente
era... João Soares.

A lucidez que lhe permitiu silenciar, através de pressões sobre o
director do "Público", José Manuel Fernandes, a investigação
jornalística que José António Cerejo começara a publicar sobre o tema.

A lucidez que lhe permitiu candidatar-se a Presidente do Parlamento
Europeu e chamar dona de casa, durante a campanha, à vencedora Nicole
Fontaine.

A lucidez que lhe permitiu considerar Jose Sócrates "o pior do
guterrismo" e ignorar hoje em dia tal frase como se nada fosse.

A lucidez que lhe permitiu passar por cima de um amigo, Manuel Alegre,
para concorrer às eleições presidenciais mais uma vez.

A lucidez que lhe permitiu, então, fazer mais um frete ao Partido
Socialista.

A lucidez que lhe permitiu ler os artigos "O Polvo" de Joaquim Vieira
na "Grande Reportagem", baseados no livro de Rui Mateus, e assistir,
logo a seguir, ao despedimento do jornalista e ao fim da revista.

A lucidez que lhe permitiu passar incólume depois de apelar ao voto no
filho, em pleno dia de eleições, nas últimas Autárquicas.

No final de uma vida de lucidez, o que resta a Mário Soares? Resta um
punhado de momentos em que a lucidez vem e vai. Vem e vai. Vem e vai.
Vai.... e não volta mais.

Clara Ferreira Alves

Expresso

Tendo a implementação da Democracia em Portugal mentores como Mário
Soares, não admira que a versão instalada no país esteja obsoleta.
O sistema precisa, urgentemente, de uma profunda renovação, ou seja,
de novos protagonistas.
Obrigado, Clara.

 

 

 

Postado em 20 de Outubro de 2011,por Fonseca dos Santos

Parabens Clara pela tua frontalidade ,sem mêdos...

publicado por blogdaportugalidade às 12:16
link | comentar | favorito

Afinal as FÔRÇAS DE BLOQUEIO"...

Há una anos atrás ,tivemos um politico que desempenhou vários cargos,desde Ministro das finanças ,PM e Presidente desta República que se queixava das " FÔRÇAS DE BLOQUEIO"...

De facto ,o Pôvo português sente as fôrças de bloqueio através dos governantes que durante 35 anos não conseguiram uma estrutura administrativa e financeira

para o país.

Este Presidente da República,para mim é o mais responsável pela crise actual.

Conseguiu redear-se de uma auréola invisivel , credibilidade e competência que no fim de contas não corresponde à realidade... Se nã vejamos ,quem foi o cidadão

do Algarves que se impôs como politico e o ZÉ PÔVO foi indo sempre na CONVERSA...agora em familia( como no antigamente;

 

Reavivar memórias

 

- O nosso Presidente

Quem ouvir Cavaco Silva e não o conhecer bem, ficará a pensar que está perante alguém que nada teve a ver com a situação catastrófica em que se encontra este país.
Quem o ouvir e não o conhecer bem, ficará a pensar que está perante alguém que pode efectivamente ser a solução para um caminho diferente daquele até aqui seguido.
Só que... Este senhor,... ou sofre de amnésia, ou tem como adquirido que nós portugueses temos todos a memória curta, eu diria mesmo, muito curta.
Vejamos, então qual o contributo de
Cavaco Silva para que as coisas estejam como estão e não de outra maneira:


Cavaco Silva foi ministro das finanças entre 1980 e 1981 no governo da AD.
Foi primeiro-ministro de Portugal entre 1985 e 1995 (10 anos!!!).

Cavaco Silva foi só a pessoa que mais tempo esteve na liderança do governo neste país desde o 25 de Abril.
É presidente da República desde 2005 até hoje (5 anos)
.

Por este histórico, logo se depreende que este senhor nada teve a ver com o estado actual do país.

 

Mas vejamos quais foram as marcas deixadas por CavacoSilva nestes anos todos de andanças pelo poder:

Cavaco Silva enquanto primeiro-ministro alterou drasticamente as práticas na economia, nomeadamente reduzindo o intervencionismo do Estado, atribuindo um papel mais relevante à iniciativa privada e aos mecanismos de mercado.
Foi
Cavaco Silva quem desferiu o primeiro ataque sobre o ensino "tendencialmente gratuíto".
Foi
Cavaco Silva o pai do famoso MONSTRO com a criação de milhares de "jobs" para os "boys" do PPD/PSD e amigos. Além de ter inserido outros milhares de "boys" a recibos verdes no aparelho do Estado.

Foi no
"consulado Cavaquista" que começou a destruição do aparelho produtivo português. Em troca dos subsídios diários vindos da então CEE, começou a aniquilar as Pescas, a Agricultura e alguns sectores da Indústria. Ou seja: começou exactamente com Cavaco Silva a aniquilação dos nossos recursos e capacidades.

Durante o "consulado Cavaquista", entravam em Portugal muitos milhões de euros diariamente como fundos estruturais da CEE. Pode-se afirmar que foram os tempos das "vacas gordas" em Portugal. Como foram aplicados esses fundos?
O que se investiu na saúde? E na educação? E na formação profissional?
Que reforma se fez na agricultura? O que foi feito para o desenvolvimento industrial?
A situação actual do país responde a tudo isto!
NADA!

Mas então como foi gasto o dinheiro?

Simplesmente desbaratado sem rigor nem fiscalização pela incompetência do governo de
Cavaco Silva.
Quando acabaram os subsídios da CEE, onde estava a modernização e o investimento das empresas? Nos carros topo de gama, nas casas de praia em Esposende, Ofir, etc..
Quanto às empresas... Essas faliram quase todas. Os trabalhadores - as vítimas habituais destas malabarices patronais - foram para o desemprego, os "chico-espertos" que desviaram o dinheiro continuaram por aí como se nada se tivesse passado.
Quem foi o responsável? Obviamente,
Cavaco Silva e os seus ministros!

Foi também o primeiro-ministro
Cavaco Silva que em 1989 recusou conceder ao capitão de Abril, Salgueiro Maia, quando este já se encontrava bastante doente, uma pensão por "Serviços excepcionais e relevantes prestados ao país", isto depois do conselho Consultivo da Procuradoria Geral da República ter aprovado o parecer por unanimidade.
Mas foi o mesmo primeiro-ministro
Cavaco Silva que em 1992, assinou os pedidos de reforma de 2 inspectores da polícia fascista PIDE/DGS, António Augusto Bernardo, último e derradeiro chefe da polícia política em Cabo Verde, e Óscar Cardoso, um dos agentes que se barricaram na sede António Maria Cardoso e dispararam sobre a multidão que festejava a liberdade.

Curiosamente,
Cavaco Silva, premiou os assassinos fascistas com a mesma reforma que havia negado ao capitão de AbrilSalgueiro Maia, ou seja: por "serviços excepcionais ou relevantes prestados ao país".

Como tenho memória, lembro-me também que
Cavaco Silva e o seu "amigo" e ministro Dias Loureiro foram os responsáveis por um dos episódios mais repressivos da democracia portuguesa. Quando um movimento de cidadãos, formado de forma espontânea, se juntou na Ponte 25 de Abril, num "buzinão" de bloqueio, em protesto pelo aumento incomportável das portagens. Dias Loureiro (esse mesmo do BPN e que está agora muito confortavelmente em Cabo Verde), com a concordância do chefe, Cavaco Silva, ordenou uma despropositada e desproporcional carga policial contra os manifestantes. Nessa carga policial "irracional", foi disparado um tiro contra um jovem, que acabou por ficar tetraplégico.
Era assim nos tempos do
"consulado Cavaquista", resolvia-se tudo com a repressão policial. Foi assim na ponte, foi assim com os mineiros da Marinha Grande, foi assim com os estudantes nas galerias do Parlamento...

Foi ainda no reinado do primeiro-ministro
Cavaco Silva, que o governo vetou a candidatura de José Saramago a um prémio literário europeu por considerar que o seu romance "O Evangelho segundo Jesus Cristo" era um ataque ao património religioso nacional.
Este veto levou
José Saramago a abandonar o país para se instalar em Lanzarote, na Espanha, onde viveu até morrer. Considerou Saramago, que não poderia viver num país com censura.

Cavaco Silva foi o Presidente da República nos últimos 5 anos. Sendo ele o dono da famosa frase: "nunca tenho dúvidas e raramente me engano", como é que deixou Portugal chegar até à situação em que se encontra?

Mais! Diz a sabedoria popular:

"diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és."

Bem... Alguns dos ministros, amigos, apoiantes e financiadores das suas campanhas eleitorais não abonam nada a seu favor. Embora, na minha opinião, esta gente reflecte exactamente a essênciado Cavaquismo.


Oliveira e Costa - Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais do governo Cavaquista entre 1985 e 1991. Ex presidente do famoso BPN.
A história deste fulano já é mais conhecida que os tremoços, nem vale a pena escrever mais nada.

Dias Loureiro - Ministro dos governos Cavaquistas. Assuntos Parlamentares entre1987 e 1991, Administração Interna entre1991 e 1995.
Associado aos crimes financeiros do BPN, com ligações ainda não clarificadas ao traficante de armas libanês, Abdul Rahman El-Assir, de quem é grande amigo.
Foi conselheiro de
Estado por nomeação directa de Cavaco Silva, função que ocupou com a "bênção" de Cavaco, até já não ser possível manter-se no lugar devido às pressões políticas e judiciais.

Encontra-se actualmente, muito confortavelmente a viver em Cabo Verde.

Ferreira do Amaral - Ministro dos governos Cavaquistas. Comércio e Turismo, entre 1985 e 1990, Obras Públicas, Transportes e Comunicações entre 1990 e 1995. Foi nesta condição (ministro das obras públicas do governo Cavaquista) que assinou os contratos de construção da Ponte Vasco da Gama com a Lusoponte, e a concessão (super-vantajosa para a Lusoponte) de 40 anos sobre as portagens das duas pontes de Lisboa.
Ferreira do Amaral é actualmente presidente do conselho de administração da Lusoponte. (Apenas por mera coincidência...)

Duarte Lima- Lider da bancada do PPD/PSD durante o Cavaquismo.
Envolvido em transacções monetárias "estranhas" no caso Lúcio Tomé Feteira"

 
Postado por Fonseca dos Santos em  20 de Outubron de 2011

publicado por blogdaportugalidade às 12:14
link | comentar | favorito

Hospitalizado!!!!

É assim a vida.

Estive 13 dias nos cuidados intensivos,sem comer nem beber,por causa de uma hemorragia nos diverticulos e não tenho dúvidas que a nossa SAÚDE está de parabens.

Também não tenho dúvidas que foi no Hospital de Sta Marta que me estancaram a hemorragia com um medicamento injectado através do sistema da angiografia.

Da operação ,safei-me,agora resta-me recuperar,já estou em casa e estou preocupado com o que se avizinha nos próximos tempos ,não só no nosso país como também em todo o MUNDO,em especial no OCIDENTE.

 

Agradeço a todos os que me visitaram e me deram alento para enfrentar a vida " novamente".

Um abraço muito amigo para todos!!

 

Lisboa 20 de Outubro de 2011

 

 

Fonseca dos santos

publicado por blogdaportugalidade às 11:48
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 19 de Outubro de 2011

As CONVERSAS EM FAMILIA DO CAVACO...Será que ignora isto,como Presidente desta República ????

 

 

Belmiro diz não perceber bancos a comprarem ações e racionarem crédito

por Lusa

O empresário Belmiro de Azevedo criticou hoje a banca que está a racionar o crédito ao sistema económico, e até a empresas "com um histórico de grande cumprimento", enquanto "há bancos a comprar mais acções em algumas empresas".

Na sua intervenção nas II Jornadas da AEP/Serralves sobre a reindustrialização do País, no Porto, o 'chairman' da Sonae realçou que "num período de crise, há bancos a investir na compra de mais acções em algumas empresas", sem referir a que instituição de crédito se referia, limitando-se a dizer que leu as notícias nos jornais. "Verificamos ainda agora que, num período de crise, há bancos a investir, a comprar mais acções em algumas empresas, ou seja, há uma contradição e nem se percebe porquê", declarou hoje o empresário, numa intervenção que durou mais de uma hora na Fundação de Serralves.

Belmiro de Azevedo explicou que "quem está na economia real, sabe muito bem que a ordem da banca é reduzir e pagar e, em algumas situações, com empresas com um histórico de grande cumprimento", acrescentando que "os bancos pedem para fazer o jeito, mesmo não tendo terminado o prazo dos contratos [de crédito]". Em relação à banca, o 'chaiman' da Sonae disse ainda que "o Banco de Portugal provavelmente vai sair com algum prejuízo reputacional, porque controla a banca e tem a obrigação de fazer respeitar as orientações", mas, referiu, "muitas leis não foram cumpridas".

O empresário sustentou que "o sistema bancário tem que ficar são rapidamente, tem que ganhar credibilidade", realçando que "é preciso regularizar a oferta de crédito sobretudo às empresas que investem e geram emprego". Em relação à banca, o empresário questionou ainda "a vulnerabilidade crónica da Caixa Geral de Depósitos [CGD]", considerando que "é preciso que sejam decisões independentes, apenas ligadas ao mérito das propostas e que não haja nenhuma cunha a distorcer o seu comportamento". Para exemplificar, disse: "É preciso saber se a CGD pode ter, como teve, volumes imensos em acções de empresas privadas".

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Belmiro falas de verdades escondidas!------Os bancos que estão a comprar acções fazem-no com o dinheiro dos depositantes , seja o nosso dinheiro....Os que vendem as acções (livram-se das acções) são os familiares e amigos dos administradores que desta forma recebem a liquidez necessária para depositarem dinheiro vivo em bancos na Suiça e outros paraísos fiscais...O actual Governador do Banco de Portugal finge não ver e não saber porque os beneficiários são altas individualidades ligadas ao poder politico.. Os mesmos que o colocaram como Governador. . O M.P e a policia de investigação financeira limitam-se a constatar as operações que apenas o Banco de Portugal poderia pôr termo.

Responder

Cancelar Resposta

publicado por blogdaportugalidade às 12:48
link | comentar | favorito

É BOM TER PRESENTE!!!!!

MUITO IMPORTANTE SABER ISTO!
 
            

 
Lei 24/2007: Auto-estrada - AVISO!!!!
 

 
Só tenho pena desta lei não ter saído antes de 2003.
Entrei na portagem do Carregado com destino a Fátima e, passados uns 3 kms de ter entrado na A1 , houve um senhor ao qual muito agradeci que me viu uma sarapilheira embrulhada ao pé duma das rodas de trás e avisou-me. Ao encostar o meu carro na berma, veio um camião e bateu na traseira obrigando o meu carro a ir contra o rail de proteção resultando a bagageira do lado esquerdo ir dentro e a frente do lado direito  ser também danificada. Como o valor do carrro era maior do que o valor do seu conserto, a companhia de seguros do camião teve que pagar a despesa no valor de 11 mil e tal euros, mais 500 e tal euros do conserto do rail, mais o que eu tive de pagar na oficina para poder levar o carro cerca de 700 e tal euros. Esta última quantia teve que ir a tribunal, mas recebi tudo.
Quando foi do acidente, fui participá-lo aos serviços da A1 e mandaram-ne dar uma curva, dizendo que nada tinham com o caso.
Se esta lei já tivesse saído, o problema seria outro, mas a solução seria sempre das companhias de seguros envolvidas e foi o que aconteceu.
Nem todos conhecem
 
 
Lei 24/2007:
 
 
Acidentes em auto-estrada

I
MPORTANTE:
NÃO SABER ESTE PROCEDIMENTO PODERÁ CUSTAR-LHE CENTENAS OU MILHARES DE EUROS

 
 

 
  Lei 24/2007: Acidentes em auto-estrada
     Como sabem, para quem anda nas Auto-estradas, às vezes aparecem objectos estranhos nas mesmas, como peças largadas por outros veículos, objectos de cargas que se soltam e até animais... coisas que não deveriam acontecer porque as concessionárias são responsáveis pela manutenção. Estas situações provocam acidentes e danos nos nossos veículos, contudo se isto vos acontecer (espero que não) exijam a presença da brigada de trânsito.
    
     Os meninos das auto-estradas vão dizer que não é preciso porque eles tratam de tudo... no entanto e conforme a *Lei 24/2007, a qual define os direito dos utentes nas vias rodoviárias classificadas como Auto-Estradas Concessionadas *... (tendo em atenção o Art.º 12º nº 1 e 2), vocês só podem reclamar o pagamento dos danos à concessionária se houver participação das autoridades!
    
     É uma técnica que as concessionárias estão a utilizar para se livrarem de pagar os danos causados nos veículos.
     Por isso, se tiverem algum percalço por culpa da concessionária, *EXIJAM A PRESENÇA DA AUTORIDADE*, não se deixem ir na conversa dos senhores da assistência os quais foram instruídos para dizer * 'agora somos nós que tratamos disso e não é preciso a autoridade'*.
 
 
     *Isto é pura mentira! Se não chamarem as autoridades, eles não são obrigados a pagar os danos e este é o objectivo deles!*
 
     *Façam circular este mail, pois já nos chega pagar valores absurdos pelas portagens quanto mais sermos enganados desta maneira!*
 
 
Boas viagens.
 
publicado por blogdaportugalidade às 11:35
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. ...

. RUI PINTO

. REFLEXÕES SOBRE O SISTEMA...

. ...

. NINGUÉM SE PREOCUPA CO...

. ESBANJAMENTO DE DINHEI...

. E ASSIM SE VAI VE...

. LER PORTAGENS NAS SCUTS,...

. UMA CARTA DE RUY DE CA...

. MOVIMENTO CONTRA O NAO : ...

.arquivos

. Agosto 2020

. Setembro 2019

. Março 2019

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.favorito

. AH....GRANDE VINTE E CIN...

. As novas oportunidades

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub