Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2011

A POLITICA DO APERTA O CINTO IMPOSTA *A PLEBE....

 

Governo corta vencimentos mas aumenta para o trabalho precário e para despesas de representação Pág. 1

GOVERNO CORTA E CONGELA REMUNERAÇÕES NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, MAS AO

 

MESMO TEMPO AUMENTA EM 205% A VERBA PARA TAREFEIROS, E EM 20% AS

 

DESPESAS DE REPRESENTAÇÃO DOS GOVERNANTES E CHEFIAS

 

À medida que se aprofunda a análise da Proposta de Orçamento do Estado para 2011

 

apresentado pelo governo encontram-se mais “surpresas”. Neste estudo vai-se analisar quatro: (a)

 

As dotações incluídas no OE2011 para pagar trabalhadores precários que aumentam

 

significativamente; (b) As dotações destinadas a suportar despesas de representação de

 

governantes e chefias que também aumentam; (c) As despesas com combustíveis que sobem

 

significativamente; (d) As dotações inscritas no OE2011 destinadas a aquisição de serviços a

 

privados que, apesar da crise, continuam elevadíssima sendo uma fonte importante de lucros para

 

dezenas de empresas. E isto numa altura em que se cortam 1.432 milhões € nos vencimentos de

 

mais de 350.000 trabalhadores e se congelam, pelo segundo ano consecutivo, as remunerações

 

dos restantes trabalhadores. Para isso observem-se os dados do quadro seguinte retirados dos

 

Mapas Informativos anexo ao OE2011.

 

Quadro 1 – Dotações inscritas nos orçamentos dos Serviços Integrados da Administração

 

Central em 2010 e em 2011

 

2010 RUBRICAS 2011 2010-2011

 

Milhões € Milhões €

 

 

Variação %

 

 

Pessoal dos quadros - Regime função pública

 

5.160,6 4.762,1

-7,7%

 

 

Pessoal contratado a termo

 

 

168,1 175,2 4,2%

 

 

Pessoal em regime de tarefa ou avença

 

 

12,8 39,2 205,0%

 

 

Despesas de representação

 

 

16,1 19,3 20,0%

 

 

Combustíveis e Lubrificantes

 

 

42,5 53,8 26,6%

 

 

FONTE: Mapas Informativos - SI - OE2010 e 2011

 

Entre 2010 e 2011, como mostram os dados do quadro 1, as despesas com a generalidade dos

 

trabalhadores dos Serviços Integrados (inclui todas as direcções gerais de todos os Ministérios )

 

diminuem em -7,7% ( menos -398,5 milhões €), mas as despesas destinadas à contratação de

 

trabalhadores a prazo, a trabalhadores em regime de tarefa e avençados ( “recibos verde”), as

 

d espesas de representação e em combustíveis aumentam significativamente.

 

Assim, a dotação destinada à contratação de trabalhadores à tarefa e avençados sobe 205% em

 

2011 nos Serviços Integrados da Administração Pública. Isto quando o governo reduz e congela

 

os salários dos trabalhadores da Administração Pública. Em 2011, para além dos 214,3 milhões €

 

destinados à contratação de trabalhadores a prazo e em regime de tarefa ou avença nos Serviços

 

Integrados, ainda existem mais 225,4 milhões € com o mesmo fim inscritos nos orçamentos dos

 

Serviços e Fundos Autónomos (institutos e outros organismos ). Portanto, no conjunto de toda a

 

Administração Central encontram-se inscritos 439,7 milhões € para a contratação de trabalhadores

 

precários. É clara a intenção do governo de substituir trabalhadores com vinculo permanente por

 

trabalhadores com vinculo precário. É certamente um mau exemplo que o governo dá também aos

 

patrões privados que encontrarão neste comportamento mais um estimulo para aumentar ainda

 

mais a precariedade em Portugal.

 

Outro ponto que caracteriza bem a politica do governo de Sócrates é o aumento das despesas de

 

combustíveis em 26,6%, quando afirma que está a substituir a frota do Estado, em que tem gasto

 

milhões de euros, precisamente com o objectivo de reduzir este tipo de despesas. Em 2011, nos

 

Serviços Integrados estão previstos 53,8 milhões € para “combustíveis e lubrificantes” mas

 

existem ainda inscritos nos orçamentos dos Serviços e Fundos Autónomos mais 20,4 milhões €, o

 

que soma 74,2 milhões € só para “combustíveis e lubrificantes”. O aumento significativo nas

 

despesas com combustíveis desmente também aqui as declarações do governo.

 

Mas é a nível das despesas de representação que o escândalo é ainda maior. Quando se

 

reduzem em cerca de 1.432,5 milhões € aos trabalhadores da Função Pública, o governo aumenta

 

a dotação para despesas de representação nos orçamentos dos Serviços Integrados em 20%.

 

Em 2011, nos orçamentos dos Serviços Integrados estão inscritos 19,3 milhões € a que se devem

 

juntar ainda mais 10,8 milhões € que se encontram inscritos nos Orçamentos dos Serviços e

 

Fundos Autónomos com o mesmo fim. Ao todo, são 30,1 milhões € para despesas de

 

representação. Só no orçamento de 2011 da Presidência do Conselho de Ministros estão inscritos

 

para despesas de representação 1.414.675 euros. Desta forma os governantes e chefias poderão

 

ser compensados pelos cortes nos vencimentos, o que não acontecerá com os restantes

 

trabalhadores. É evidente a politica de “dois pesos e duas medidas”.

publicado por blogdaportugalidade às 23:10
link | comentar | favorito

A APATIA REALISTA DOS PORTUGUESES...

Esta foi uma carta dirigida ao Sr Jean Claud Trichet,com a finalidade de esclarecer pelo menos o responsável do Banco Central Europeu ,ou pelo menos fazer lá chegar,pois PORTUGAL continuando como está ,anda a ser enganado,e resta-nos reacções como as dos países árabes...
Vai cópia do mail...,para todos lerem
 
Data: 22-02-2011 16:40:16
 Assunto: Situação em Portugal que se conocta com a apatia e sem compromissos...Pedia o favor de entregar ao Exmo Sr Jean Claud TRICHET
 
Exmo Sr  Eng Jean Claud Trichet-Director do Banco Central Europeu.
 
 
Sou um cidadão português,militar de profissão,já REFORMADO,combatente em Angola e Moçambique e admiro-me VExas falarem de Portugal
como se fôsse um país democrático e como a riquesa estivesse razoàvelmente bem distribuida.
 
Por estes factos ,e a continuar assim,após as chamadas REFORMAS tão apoiadas pela UE,inclusivamente o BCE,informo par ter um conhecimento mais real que o Sr Presidente da TAP,emprêsa pública  tem as remunerações que indignam qualquer cidadão de qualquer nacionalidade

Presidente dos EUA recebe por ano $400.000,00 ( 291290,417 Euros )

•O Presidente da TAP recebeu,  em 2009 : 624.422,21 Euros

•O Vice-Presidente dos EUA recebe por ano  $ 208.000,00 (151.471,017 Euros )

 

•Um Vogaldo Conselho de Administraçãoda TAP recebeu 483.568,00 Euros

O Presidente da TAP ganha por mês  55,7 anos de salário médio de cada português/mês

Num banco estatal,AINDA,como a CAIXA GERAL DE DEPOSITOS,

O Presidente da Caixa Geral de Depósitos  RECEBEU   560.012,80 /mês,o que corresponde a 50 anos de salário médio por mês de cada português.

O Vice Presidente do mesmo BANCO estatal ,Caixa Geral de Depósitos, RECEBEU  558.891.00 €/mês

  

SR Engenheiro ,junto em anexo um PDF com os vencimentos de quase todos os os gestores públicos em PORTUGAL

  

Que tal Sr Eng ? ,julgo que até recebem mais do que o Senhor.??

E vem a União Europeia falar de REFORMAS EM PORTUGAL,REFORMAS CONVINCENTES ...

NAO ,assim não por que se cria um clima de apatia Geral e o pior de tudo é que estes gestores formam um PIAO...e são sempre os mesmos

embora já se vá vendo um pouco de gente NOVA...

Na politica ,não lhe vou falar,mas temos por cá muitos pinóquios,tal como se verificou durante muitos anos nos países ,hoje em

situação de mudança...o que leva o seu tempo.

Reiteros meus cumprimentos e digo-lhe que vou publicar esta correspondência no meu BLOG,sem mais comentários .Esses o Sr concluirá

que assim os portugueses não vão a lado nenhum...

Lisboa 22 de Fevereiro de 2011

Atenciosamente

João Ernesto Fonseca dos Santos

BI 38681655 do Exército Português de 26 Janeiro de 2006 

«Geração à rasca» já conta com mais de 20 mil confirmações pelo ...  

Jornal Digital - ‎Há 5 horas‎
Lisboa - O Protesto pelo emprego, educação, melhoria das condições de trabalho eo fim da precariedade «Geração à Rasca», marcado para 12 de Março em Lisboa e no Porto, conta já com mais de 20 mil confirmações através do Facebook. ...

 

publicado por blogdaportugalidade às 16:45
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 21 de Fevereiro de 2011

Uma ENTREVISTA ...PARA MEDITAR...

 

PARA LER E MEDITAR
Entrevista de um professor chinês de economia, sobre a Europa, o Prof. Kuing Yaman - que viveu em França:
 
1. 
A sociedade europeia está em vias de se auto-destruir. O seu modelo social é muito exigente em meios financeiros. Mas, ao mesmo tempo, os europeus não querem trabalhar. Só três coisas lhes interessam: lazer/entretenimento, ecologia e futebol na TV! Vivem, portanto, bem acima dos seus meios. Porque é preciso pagar estes sonhos de miúdos...

2. Os seus industriais deslocalizam-se porque não estão disponíveis para suportar o custo de trabalho na Europa, os seus impostos e taxas para financiar a sua assistência generalizada.

3. Portanto endividam-se, vivem a crédito. Mas os seus filhos não poderão pagar 'a conta'.

4. Os europeus destruíram, assim, a sua qualidade de vida empobrecendo. Votam orçamentos sempre deficitários. Estão asfixiados pela dívida e não poderão honrá-la.

5. Mas, para além de se endividar, têm outro vício: os seus governos 'sangram' os contribuintes. A Europa detém o recorde mundial da pressão fiscal. É um verdadeiro 'inferno fiscal' para aqueles que criam riqueza.

6. Não compreenderam que não se produz riqueza dividindo e partilhando mas sim trabalhando. Porque quanto mais se reparte esta riqueza limitada menos há para cada um. Aqueles que produzem e criam empregos são punidos por impostos e taxas e aqueles que não trabalham são encorajados por ajudas. É uma inversão de valores.

7. Portanto o seu sistema é perverso e vai implodir por esgotamento e sufocação.  A deslocalização da sua capacidade produtiva provoca o abaixamento do seu nível de vida e o aumento do... da China!

8. Dentro de uma ou duas gerações 'nós' (os chineses) iremos ultrapassá-los. Eles tornar-se-ão os nossos pobres. Dar-lhes-emos sacas de arroz...

9. Existe um outro cancro na Europa: existem funcionários a mais, um emprego em cada cinco. Estes funcionários são sedentos de dinheiro público, são de uma grande ineficácia, querem trabalhar o menos possível e apesar das inúmeras vantagens e direitos sociais, estão muitas vezes em greve. Mas os decisores acham que vale mais um funcionário ineficaz do que um
desempregado...

10. Vão (os europeus) direitos a um muro e a alta velocidade...



Postado em 21 de Fevereiro de 2011

 

Fonseca dos Santos


publicado por blogdaportugalidade às 15:35
link | comentar | favorito
Domingo, 20 de Fevereiro de 2011

QUEM TRAI A LINGUA PORTUGUESA...??? Continuo a escrever como aprendi a lingua que é a MINHA PÁTRIA

       

body,html { overflow-y: hidden; overflow-x: hidden;}

  
EU ESTOU-ME NAS TINTAS PARA O ACÔRDO ORTOGRÁFICO!
Aqueles a quem chamam intelectuais não passam de aprendizes de feiticeiro da lingua  portuguesa por pura ignorancia, sem ter qualquer conhecimento sobre a etimologia das palavras, que deveriam respeitar.
O português que se fala em Portugal é o correcto, ao passo que o que se fala no Brasil não passa de uma mistura resultante dos antigos escravos, principalmente de Angola e imigrantes de outras nações.
Não passa de uma alteração provocada pela influncia de estrangeirismo, que não tem nada a ver conosco.
O inglês que se fala em Inglaterra é bem diferente do inglês que se fala nos  Estados Unidos e do que se fala nas antigas colonias inglesas.
Não percebo qual o benefício. 
Deve ter sido para ajudar alguns elementos da camarilha que está colada à classe governativa.
João Graça
 
Subject: Nós portugueses e a nossa tendência para o ridículo...

 

 


Uma das razões à resistência na mudança da escrita e da palavra,
segundo a nova ortografia... imposta.

Acordo Ortográfico.
Nos nossos sete, oito e nove anos tínhamos que fazer aqueles malditos ditados que as professoras se orgulhavam de leccionar.
A partir do terceiro erro de cada texto, tínhamos que aquecer as mãos para as dar à palmatória.
E levávamos reguadas com erros destes: "ação", "ator", "fato" ("facto"), "tato" ("tacto"), "fatura", " reação", etc, etc...
Com o novo acordo ortográfico, voltam a vencer-nos, pois nós é que temos que nos adaptar a eles e não ao contrário. Ridículo...
Mas, afinal de onde vem a origem das palavras da nossa Língua? Do Latim!!
E desta, derivam muitas outras línguas da Europa.
Até no Inglês, a maior parte das palavras derivam do latim.
Então, vejam alguns exemplos:


 

Em Latim

Em Francês

Em Espanhol

Em Inglês

Até em Alemão, reparem:

Velho Português (o que desleixámos)

O novo Português (o importado do Brasil)

Actor

Acteur

Actor

Actor

Akteur

Actor

Ator

Factor

Facteur

Factor

Factor

Faktor

Factor

Fator

 

Tact

Tacto

Tact

Takt

Tacto

Tato

Reactor

Réacteur

Reactor

Reactor

Reaktor

Reactor

Reator

Sector

Secteur

Sector

Sector

Sektor

Sector

Setor

Protector

Protecteur

Protector

Protector

Protektor

Protector

Protetor

Selection

Seléction

Seleccion

Selection

 

Selecção

Seleção

 

Exacte

Exacta

Exact

 

Exacto

Exato

 

 

 

Except

 

Excepto

Exceto

Baptismus

Baptême

 

Baptism

 

Baptismo

Batismo

 

Exception

Excepción

Exception

 

Excepção

Exceção

 

 

 

Optimum

 

Óptimo

Óti


 
Conclusão: na maior parte dos casos, as consoantes mudas das palavras destas línguas europeias mantiveram-se tal como se escrevia originalmente.
Se a origem está na Velha Europa, porque é temos que imitar os do outro lado do Atlântico.
Mais um crime na Cultura Portuguesa e, desta vez, provocada pelos nossos intelectuais da Língua de Camões.
Circulem este email até chegar aos intelectuais que fizeram este acordo. Pode ser que eles abram os olhos.

publicado por blogdaportugalidade às 12:04
link | comentar | favorito

Prêso por ter cão prêso por não o ter....O que circula na NET àcerca da JUSTIÇA...

A justiça portuguesa está de parabéns!

Depois de anos e anos a batalhar eis que surgem os primeiros resultados.


· Desde a morte de Francisco Sá Carneiro e do eterno mistério que a rodeia,
· Ao desaparecimento de Madeleine McCann,
· Ao caso Casa Pia
· Do caso Portucale
· Da compra dos submarinos
· Às escutas ao primeiro-ministro
· Do caso da Universidade Independente
· Ao caso da Universidade Moderna
· Do Futebol Clube do Porto
· Ao Sport Lisboa Benfica
· Da corrupção dos árbitros
· À corrupção dos autarcas
· De Fátima Felgueiras
· A Isaltino Morais
· Da Braga parques
· Ao grande empresário Bibi
· Das queixas tardias de Catalina Pestana
· Às de João Cravinho
· Dos doentes infectados por acidente e negligência de Leonor Beleza com o vírus da sida. 
.Do processo Costa Freire / Zeze Beleza, quem não se lembra ?
· Do miúdo electrocutado no semáforo
· Do outro afogado num parque aquático
· Das crianças assassinadas na Madeira
· Do mistério dos crimes imputados ao padre Frederico
· Do autarca alentejano queimado no seu carro e cuja cabeça foi roubada do Instituto de Medicina Legal
· A miúda desaparecida em Figueira
· Todas as crianças desaparecida antes delas, quem as procurou
· As famosas fotografias de Teresa Costa Macedo. Aquelas em que ela reconheceu imensa gente 'importante', jogadores de futebol, milionários, políticos.
· Os crimes de evasão fiscal de Artur Albarran
· Os negócios escuros do grupo Carlyle do senhor Carlucci em Portugal.
· O mesmo grupo Carlyle onde labora o ex-ministro Martins da Cruz, apeado por causa de um pequeno crime sem importância, o da cunha para a sua filha.
· E aquele médico do Hospital de Santa Maria, suspeito de ter assassinado doentes por negligência


 

Pois é... a justiça portuguesa está de Parabéns!
Depois de anos e anos a batalhar eis que surgem os primeiros resultados. 

MULTADO POR GUIAR BURRA EMBRIAGADO

O agricultor que há umas semanas foi apanhado a conduzir embriagado uma carroça puxada por um burra, na EN 17, em Celorico da Beira, foi ontem, quinta-feira, condenado, em processo sumário, a pagar 450 euros de multa. Pena pode ser substituída por trabalho comunitário, (Pois este sr. trabalha e não vive com qualquer subsidio do governo)
Jorge Rodrigues, de 34 anos, agricultor, foi condenado pelo Tribunal Judicial de Celorico da Beira, neste caso, a juíza Cláudia Jesus, que considerou "muito grave" o crime pelo qual o agricultor ia acusado, aconselhou-o a nunca pegar num veículo, seja ele a motor ou de tracção animal, depois de ter bebido, condenou um homem apanhado com uma taxa de álcool no sangue a uma pena de 90 dias de multa, à razão de cinco euros por dia, por ter sido apanhado a 11 de Agosto a conduzir o veículo de tracção animal com uma taxa de alcoolemia de 2,85 g/l no sangue.

O valor mínimo da multa aplicada, que totaliza 450 euros, teve em conta, segundo a juíza de turno que ditou a sentença, a situação social do arguido e o facto de ser primário. Foi-lhe ainda aplicada, como pena acessória, ainibição de conduzir qualquer veículo motorizado por um período de sete meses.

pena exclui a proibição de o arguido guiar a carroça puxada pela burra, o meio de transporte que mais utiliza, pese embora ter licença, segundo o próprio, para conduzir tractores e motociclos." Venda a burra se ela for uma tentação", desafiou

Até que enfim.... e em tempo recorde 8 dias depois julgado e condenado !!!!!!!!!!!!!!
YEAAAAAAAAH!...

Agora sim, sinto-me mais seguro !

publicado por blogdaportugalidade às 12:01
link | comentar | favorito
Sábado, 19 de Fevereiro de 2011

AS PROMESSAS ,AS MENTIRAS E AS VERDADES DE UM POLITICO...

 

 

 

 

 

 

 

O Sr Primeiro Ministro de Portugal que o (des)governa há 7 anos e tal,não é pessoa competente para estar à frente de um govêrno de um qualquer país e,

muito menos, o nosso.

Portugal é um país pobre,é um país que não produz NADA,e se produzir (certamente que produz) é mais pela iniciativa de alguns portugueses com vontade e conhecimentos para fazer andar uma máquina...

O nosso Primeiro Ministro Não sabe ,apesar de ser " ingenheiro",nem tem conhecimentos para conduzir PORTUGAL a não ser para o CAOS.

Ouvi há dias dizer ,alguem responsável por um partido politico, que o TGV estava a ser construido e que não tinha parado...A quem é que interessa o TGV ,Sr PM ???Mais auto estradas a serem feitas ,para ligar o Porto a Vila Real,que devem ficar carissimas, dados os trabalhos de perfuração e grandes obras de arte que tem de ser feitas...

Há dois anos ,fui a Bragança e andei pelo Norte e verifiquei um facto que me espantou: é que já nessa altura as AEs ,como se costuma dizer ,estavam às môscas.Não se via circular ninguém...Pràticamente fiz Castelo Branco-Bragança  sòzinho.

É claro, que isto de auto estradas, talvez o culpado tenha sido o actual PR que como PM,começa em grande com as AEs. e respondeu quando interrogado

se estas  obras eram as mais necessárias ,respondeu que eram para a saída dos produtos...Um economista a falar assim a gente acredita...Mas decorridos anos ,e depois de eu ter visto uma desertificação ,quase total ,do interior do país ,pergunto que PRODUCTOS é que são escoados do interior do país ????

Verifica-se uma das maiores emigrações de há anos,só se vê gente idosa por essas terras do interior ...

 

Mas no fim de contas a qem é que interessam as AEs???Será às empreiteiras das obras ??? E quem são ???? Terão ligações politicas ???

Isto faz-me lembrar aquele anúncio de uma das estações televisivas em que um dos intervenientes diz"" Mas isso tôda a gente sabe..."".É verdade!!!

Depois também me faz lembrar a canção " proibida " do Paco Bandeira O TGV..com o REFRÃO  "O Põvo gosta" ..".O pôvo gosta"...

 

E os portugueses N ÃO FAZEM NADA POR PORTUGAL???Vêem as alterações politicas que estão a ser efectuadas na bacia sul do mediterrâneo( norte de

África) e nós continuamos a ser enganados  e FICAMOS CALADOS???

O chamado 3º Mundo já notou que a corrupção é geral e nós contiinuamos como se nada houvesse.Os processos no tribunal que indiciam corrupção

estão por lá anos e anos ...certamente para cairem no esquecimento e acabar com as provas e serem julgados publicamente...

 

GREVES NÃO DÁ RESULTADO ALGUM e aqueles que forem para as greves e ainda os que sentirem prejudicados com as greves e ainda mais os desempregados,mais aqujeles que lhes retiram a assistência na saúde,no apoio à assistência Social ...FAÇAM PETIÇÕES PÚBLICAS atravès da internet

para alterarem o sistema POLITICO ACTUAL...Isto tanto há-de  MEXER ou ABALAR o sistema politico actual que terão de o MUDAR...

Mas,lembrem-se que,aqueles a quem o Govêrno dá emprêgo,os lobies,hão virar-se contra quem se manifestar...mas a razão vem sempre para cima...

Também me admiro o facto DA TELEVISÃO PAGA PELOS PORTUGUESES,ATRAVÉS DO CONTA DA ELECTRICIDADE,DOS IMPOSTOS DIRECTOS E INDIRECTOS,VEI HOJE ANUNCIAR UM milagre...

Esse milagre foi que num mês e meio reduzimos  menos 50% das contas públicas...Alguém ACREDITA NISTO????

Se fôr verdade ,só à custa da recessão e ainda de dividendos  e ainda de cortes na assistência socilal,por que RECEITAS ORDINÁRIAS ainda não entraram no Tesouro ...Isto já para não falar noutra desgraça que foi o fim de semana passado : O sitema operativo das Finanças estava  OFF  e ,portanto,não

puderam pagar o IVA ,atempadamente...ou pelo menos ,quando as pessoas dispuseram do " SEU" tempo para cumprir o pagamento do IVA...assim tiveram de perder mais outra oportunidade de trabalho e para quando o tal sistema estivesse ON...Não é só o do cartão do cidadão...Isso é outra música...

Até um dia ,oxalá possa acordar com uma mudança de REGIME POLITICO...Olhem ,preferia ter um REI,que,afinal temos,e apenas para dar uns recados.

A diferença é que o sistema actual gasta o triplo de uma casa REAL...

Falo em regime politico,pois não temos alternativas e teremos que estudar bem como poderá ser,pois não podemos continuar a ter no poder individuos

como os politicos actuais que nem tem sapiência do assunto,nem experiência ,e jogam todos ,no fim de contas pela manutenção do STATUS POLITICO

para manter por mais uns anitos o seu " EMPRÊGO",os restantes portugueses que se " LIXEM"..!!!.

 

Postado em 19 de Fevereiro de 2011 ,em Lisboa

 

Fonseca dos santos

publicado por blogdaportugalidade às 23:19
link | comentar | favorito

OS ACASALAMENTOS EM FÔRÇAS MILITARIZADAS:::

AS MILITARES DA GNR QUE SE CASAM

 

10/2/11

 

 

“O que mais me preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem carácter, nem dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons”

 

Martin Luther King

 

           

            Era um facto esperado que só admira por tardio. Já estava previsto acontecer logo que a iníqua lei fosse aprovada.

            Temos uma sugestão a fazer às jovens nubentes: a nossa cabo deveria convidar o Sr. Ministro entre todos o primeiro, para padrinho, ou mesmo madrinha de casamento – a partir de agora a ordem é arbitrária – já que foi do seu grupo de “alfaiates” de leis, que saiu a proposta de legalidade agora em vigor; e a nossa capitão deverá endereçar o mesmo convite, ao recém-empossado inquilino de Belém, que genuflectiu sobre o diploma apesar de – confissão sua – não concordar com ele.

            E que diabo, sempre se respeitava a hierarquia entre praça e oficial; bandalheira sim, mas não tanta!

            Idêntico convite deveria ser endereçado ao coordenador Louçã e ao operário Jerónimo, para que, vestidos de meninas imaculadas e uns enfeites no cabelo abrissem o cortejo transportando as alianças; e também, no mínimo, uma participação do evento ao Passos laranja e ao Paulinho das feiras, a fim de poderem espreitar o evento, já que aparentaram vontade de participar na boda.

            As paredes nuas do registo civil seriam ornamentadas com um grupo coral constituído por uma escolha de deputados inspirados nos tenores italianos (com voz de falsete), que cantariam árias burlesco – eróticas a quem o mestre maior do Oriente Luso, serviria de maestro. Ámen.

            Já sei, sou um reaccionário sem respeito pela “liberdade” alheia que o “progresso” desacreditará. No meu estertor, porém, lamento informar que nem tudo o que se diz e faz é ou tem de ser aceitável, muito menos respeitável e que, para o caso de não terem reparado, também tenho direito a opor-me e, eventualmente, a que me perguntem o que penso, já que se dizem tão democráticos.

            Ora nenhuma destas premissas parece fazer vencimento, nem em políticos, comentadores ou na classe dos jornalistas, que é quem filtra as notícias a serem divulgadas para a opinião pública. São assim como uma espécie de comissão de censura gigante, sem coronéis (visíveis) a tutelar. E há quem se lhes arrogue a autoridade de um 4º poder. Resta só saber quem os elegeu…

            A campanha nos “média” a favor dos casos de acoplamento de sexos idênticos – a caminho de serem transformados em “géneros”, onde irá parar a esquizofrenia? -, destina-se a tornar o assunto banal e por isso “normal”. E a condicionar psicologicamente a maioria da população o que, diga-se em abono da verdade, têm conseguido. O assunto é até mais grave pois não fica por aqui: é um processo subversivo da sociedade.

          Quando a televisão pública, por ex., dedica 30 segundos à tomada de posse do novo Chefe de Estado-Maior General das FAs – logo um acontecimento menor – (e os outros canais, creio, que nem se referiram a tal); e por causa de uma morte repugnante originada numa cena infeliz, sórdida e canalha, de um conhecido pederasta – cuja mais valia conhecida foi a de fazer crónicas sociais, de grande profundidade cultural e metafísica (!), para a imprensa cor de rosa – os telejornais (todos) abriram durante vários dias com a notícia. O que se há-de pensar? E estas notícias não duraram segundos, levaram muitos minutos e repetiam-se à exaustão, enviaram-se repórteres e coscuvilhou-se de tudo um pouco.

            Isto não tem nada a ver com a sacrossanta liberdade de informação: isto merece a maior censura social porque é um nojo. E, no fundo, é como no casamento das “senhoritas”: tentar transformar vícios privados em públicas virtudes.

            Filosofemos.

            É por estas e por outras que, enquanto os povos sujeitos a ditaduras, aspiram à democracia (mesmo sem saberem muito bem o que isso é), nas democracias, ao fim de algum tempo, sobretudo nas que se deixam degenerar nas regras e na moral, os povos começam a pensar em ditadura! Infelizmente, a solução não está em nenhuma delas (isto depois de se terem inventado e testado numerosas ideologias e formas de governo, à esquerda e à direita, falhando todas!).

            A solução está na escolha representativa dos homens bons, íntegros, capazes e desprendidos, que sejam pelo bem comum e que sejam colocados nos lugares de responsabilidade. Quando, raramente, isso acontece os povos prosperam, a justiça aperfeiçoa-se, a vida melhora.

            No fundo, trata-se da eterna luta entre o Bem e o Mal. Luta essa que nenhuma religião, também, conseguiu “resolver”, sem embargo das teologias existentes – que também lutam entre si – e que, sem excepção postergam a solução final para o que acontecer depois da morte…

            Verificando-se que a vida na terra – inserida no cosmos – consubstanciada nas leias da natureza, o que engloba os seres vivos e inanimados, a geografia, o clima, etc., vivem em equilíbrio e geram o equilíbrio, não deixa de ser assaz perturbador constatar que o homem constituiu-se no único e extraordinário perturbador das leis naturais. É o único ser vivo que pratica a guerra; depreda até à exaustão os recursos naturais; altera o clima; quer mudar as leis genéticas; é capaz de matar a sua descendência ainda antes  desta nascer e mesmo não acreditando em Deus intenta desafiá-lo no seus poderes e competências…

            E passou a estar de tal modo centrado no seu “eu” que deixou de perceber porque é que uma zebra fêmea não se satisfaz sexualmente com outra fêmea até porque isso representa romper com o equilíbrio da espécie.

            E não se querer perceber, ainda, a gravidade que um comportamento semelhante tem numa Instituição Militar é algo de que já não me ocuparei hoje. Já filosofei demais.

 

                                                                                  João José Brandão Ferreira

                                                                                              TCor/Pilav (Ref.)

 

O SR TCoronel Brandão Ferreira,além de escrever bem,ós seus artigos são sempre de uma grande oportunidade quer queiram quer não...Parabens!!!

 

Postado pelo Fonseca dos Santos,em 19.02.2011,em Lisboa

publicado por blogdaportugalidade às 23:12
link | comentar | favorito

OS UTENTES DEVIAM TER UMA SENHA DE VEZ...POR QUE HÁ GENTE SEM VERGONHA e COM FACE OCULTA...

Armando Vara lançou o caos num centro de saúde de Lisboa nesta quinta-feira. O ex-ministro socialista entrou no centro, passou à frente de todos os outros utentes e exigiu a uma médica que lhe passasse um atestado rapidamente porque tinha de apanhar um avião, avança a TVI.

Perante a indignação dos que assistiam a toda a situação, um dos doentes apresentou mesmo uma reclamação no centro. A directora do centro de saúde disse à TVI que o centro não tem culpa do «abuso» de Armando Vara e que a responsabilidade é toda do próprio que irrompeu pelo consultório da médica sem respeitar os restantes doentes.

«O senhor Armando Vara entrou aí como qualquer utente e passou à frente de toda a gente. Entrou no gabinete da médica sem avisar e sem que a médica percebesse que não estava na sua vez. Foi uma situação de abuso absolutamente inconfundível», respondeu à TVI a directora, Manuela Peleteiro.

SOL

 

A lata deste cidadão é tão grande que enraivece quem a vê...Mas... então um arguido com o processo da face oculta pode sair do país de avião ???

 

 

 

Reclamações ,atrás de reclamações,mas ...afinal o Armando VARA estava ,ou está doente e pode viajar para o estrangeiro???

É claro ...VAMOS VER O RESULTADO DAS RECLAMAÇÕES ou TEMOS QUE ou temos que mandar esta " MALTA " BUGIAR"???Quando irão aprender???

A populaça já está a aprender com os povos da Túnisia,Marrocos,Libia,Egipto,Barhein...e qualquer com tôda a Europa....

 

 

 

Subject: Armando Vara - olhem só esta
Assunto: Armando Vara - olhem só esta


Afinal o beneficiário estava doente?
Um atestado não é para quem tem problemas de saúde?
O beneficiário sairá disto incólume?
Estou para ver.



 
 

     Como qualquer "ditador" quero, posso e mando!!!

  Como é possível que um fulano, em pleno julgamento, dá-se ao luxo de ir viajar para fora do país ???
  Só cá !!! ...

  



Vara passa à frente de todos em centro de saúde
19-Fev-2011

Ex-ministro socialista apareceu de surpresa, passou à frente de todos os doentes e deu ordens a uma médica para lhe passar um atestado.


Armando Vara provocou esta quinta-feira um escândalo num centro de saúde de Lisboa. O ex-ministro socialista apareceu de surpresa, passou à frente de todos os doentes e deu ordens a uma médica para lhe passar um atestado.

Um dos doentes apresentou uma reclamação. A responsável pelo centro de saúde pede desculpa, mas afirma que a responsabilidade foi toda de Armando Vara, que abusou dos seus direitos.

José Francisco Tavares, de 68 anos, reformado, com seis filhos. Dirigiu-se ao centro de saúde com um ataque de sinusite, como o estado recomenda, para não entupir as urgências hospitalares. Esperou quase uma hora pela consulta. Como os outros doentes, a maioria dos quais reformados sem pensões de reforma que lhes permitam recorrer à medicina privada, José Francisco ficou à espera... mas foi ultrapassado por um milionário, Armando Vara, que passou à frente de toda a gente.

A médica, surpreendida, ainda disse a armando vara que o não tinha chamado. Mas ele respondeu que estava cheio de pressa para apanhar um avião. E a médica que lhe passasse o atestado na hora. E conseguiu mesmo o que queria.

Enquanto estávamos em reportagem, a directora do centro de saúde contactou-nos. Aproveitámos para fazer a pergunta: «Gostaria de saber se os amigos do primeiro-ministro, como o dr. Armando vara, têm direito de preferência nas consultas?» «Não, senhor jornalista Carlos Enes. O senhor Armando Vara entrou aí como qualquer utente e passou à frente de toda a gente. Entrou no gabinete da médica sem avisar e sem que a médica percebesse que não estava na sua vez. Foi uma situação de abuso absolutamente inconfundível», respondeu Manuela Peleteiro.

José Francisco apresentou de imediato uma reclamação no livro amarelo. 24 horas depois, acompanhado pela TVI, foi recebido pela directora dos centros de saúde. O doente abusador, se não perdeu o avião, está no estrangeiro. A TVI tentou contactá-lo através do advogado, sem êxito.
Carlos Enes | TVI24 | 18.02.2011
 


publicado por blogdaportugalidade às 19:53
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Fevereiro de 2011

A MORTE E OS IMPOSTOS...

 

A morte e os impostos

por Daniel Oliveira

 

Nos arredores de Lisboa, Augusta, que teria hoje 96 anos, morreu sem ninguém dar por nada. Nem família, nem amigos, nem serviços públicos. Uma vizinha, epenas ela, bateu a todas as portas que pôde, por estranhar a sua ausência. Da família, da GNR, de todos, apenas a indiferença. Nem a segurança social, nem os serviços de saúde. Ninguém. Era apenas uma velha num prédio de uns subúrbios. Passou oito anos a bater a portas. A burocracia impediu que alguém fizesse alguma coisa. A porta não podia ser arrombada. A GNR até gozou com a preocupação da vizinha. Coisas de velhos, terão pensado.

 Mas Augusta, cidadã portuguesa, era também contribuinte. E aí deram por falta dela. Tinha uma dívida. Sem um único contato, a frieza da máquina leiloou o seu apartamento. Quando os novos donos chegaram, a porta foi finalmente arrombada. E lá estava Augusta, morta no chão da cozinha. Tinha morrido há oito anos sem que ninguém tivesse dado ouvidos à vizinha.

 O que impressiona, para além da solidão que permite que alguém morra sem que ninguém dê por nada, é que o mesmo Estado que dá pelo não pagamento de uma dívida ao fisco não dê, não queira dar, pelo desaparecimento de um ser humano. Que o contribuinte exista, mas o cidadão não. Que quem tinha a obrigação de pagar impostos tenha deixado de existir nos seus direitos. A metáfora é macabra. Mas é poderosa. Este Estado que não se esquece - não se deve esquecer - de nós quando é cobrador, mas para quem não existimos quando nos é devida alguma atenção.

Diz-se que só há duas coisas certas na vida: a morte e os impostos. Parece que para o Estado português só a segunda parte é verdadeira.

  

Publicado no Expresso Online




publicado por blogdaportugalidade às 09:59
link | comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Fevereiro de 2011

A nossa última rainha Dona Amélia...

publicado por blogdaportugalidade às 20:03
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. ...

. RUI PINTO

. REFLEXÕES SOBRE O SISTEMA...

. ...

. NINGUÉM SE PREOCUPA CO...

. ESBANJAMENTO DE DINHEI...

. E ASSIM SE VAI VE...

. LER PORTAGENS NAS SCUTS,...

. UMA CARTA DE RUY DE CA...

. MOVIMENTO CONTRA O NAO : ...

.arquivos

. Agosto 2020

. Setembro 2019

. Março 2019

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.favorito

. AH....GRANDE VINTE E CIN...

. As novas oportunidades

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub