Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2013

O QUE VAI POR ESTE PAÍS...ISTO VAI ACABAR MAL...E OS REFORMADOS É QUE CONTINUARÃO A PAGAR ESTAs e outras REFORMAS

" ISTO AINDA VAI ACABAR MAL !!! ... AI VAI... VAI "... ... ...
****************************************************************************************************************

Reenvio subscrevendo na íntegra. Pessoalmente ainda não sou sócio da APRE, talvez o venha a ser futuramente caso me venha a certificar de que não há nenhum partido político, seja ele qual fôr, a apanhar esta boleia... Pois se assim fôr, pela parte que me toca, nada feito... Abrs     ps: Será que o rapaz de Massamá se quis referir aos 400 "artistas" que "mamam" as chorudas pensões vitalícias ao fim de meia dúzia de anos a pastar nos prados de S. Bento que acomulam com reformas e cujos nomes são curiosamente secretos? Se assim foi, neste aspecto, teve razão...
€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€.........


+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

A RAZÃO ESTÁ DO NOSSO LADO
As afirmações do Sr. Primeiro Ministro de que os reformados tem pensões generosas que não correspondem ás contribuições efetuadas, e daí a justeza da taxa de solidariedade,
talvez, o Sr. Primeiro Ministro se esteja a referir a alguns colegas do seu Partido nomedamente á Presidente da AR Assunção Esteves que obteve uma subvenção vitalicia de mais de 5.000 euros mensais aos 42 anos ou Sr Duarte Lima que se reformou aos 39 anos ou ao Sr Mira Amaral ou então ao Sr. Catroga que se "reformou" ao abrigo da lei para os politicos com mais de 9.000 euros mensais ou eventualmente estará a referir-se aos politicos de vários quadrantes que ao fim de 8 anos ou dois mandatos se reformavam ou aos Srs. Governadores do Banco de Portugal que ao fim de 5 anos tinham chorudas reformas...

Se não for a estes exemplos que o Sr Primeiro Ministro se refere não acredito que se esteja a referir aos casos dos reformados que descontaram mais de 40 anos assim como as suas entidades patronais para a Segurança Social e que a suas pensões foram formadas de acordo com as contribuições entregues e tendo presente a lei vigente na altura da passagem á reforma.

Sr. Primeiro Ministro tendo em conta que ofende e desrespeita os direitos dos reformados constituídos legal e legitimamente, sentimo-nos com total direito de protestar com veemencia e solicitar um pedido de desculpas publico que contribua para repor a verdade na opinião publica, ainda assim estamos disponiveis para debater em audiencia com o Primeiro Ministro esta questão.

A nossa causa é justa, Não nos calam !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!...

APRE
++++++++++++++++++++++++++++++++
Mais de 400 ex-políticos recebem pensões vitalícias do Estado!!!!!!!!!!!!!!.........

23.10.2011 21:47

Economia     clicar para ver:         http://sicnoticias.sapo.pt/9363

Há mais de 400 ex-políticos a receber uma pensão vitalícia. Muitos são hoje gestores de topo em empresas privadas, mas acumulam a pensão do Estado, apesar dos cortes previstos pelo Orçamento do Estado. A polémica subvenção foi revogada em 2005 pelo PS, mas é aplicada aos políticos que já tivessem começado a exercer antes dessa data. O agora empresário Carlos Melancia é quem mais recebe: 110 mil euros por ano. Na lista estão também Armando Vara e Dias Loureiro.

++++++++++++++++++++++++++++++++++

Quarta-feira, 24 de Agosto de 2011

Nomes de Politicos que recebem pensão vitalicia são secretos !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!.............

 

Os nomes dos políticos que recebem do Estado a pensão mensal vitalícia passaram a ser secretos.

Comissão Nacional de Protecção de Dados cujo presidente é eleito pelos deputados, considera que “a pensão mensal vitalícia não é uma informação pública….”

“in Correio da Manhã”

 

 

 

Os partidos políticos criaram em Portugal, um sistema de roubo legal para os seus membros, baseado na acumulação de reformas e pensões vitalícias.

Só o número de ex deputados com pensão para toda a vida (de todas as cores e para todos os gostos) já ultrapassa os 400 beneficiários. O valor dessa regalia rondará os oitocentos mil Euros por mês.

 

Mário Soares, “papa de reformas” mais 500.000 Euros por ano.

 

 

Alberto João Jardim, tem uma reforma do Estado de 4.124 Euros, obtida num serviço público onde nunca trabalhou (Secretaria Regional de Turismo), recebe um ordenado por inteiro de 84 mil Euros. Acresce a este valor mais 40% de despesas de representação, o que dá 94.467 Euros, ganha mais do que o primeiro-ministro Espanhol.

 

Cavaco Silva recebe do Banco de Portugal 4.152 Euros, da Universidade Nova de Lisboa 2.328 Euros e de primeiro-ministro 2.876 Euros. E GOVERNA A MULHER QUE NÃO TEM REFORMA DISSE CAVACO NA ULTIMA CAMPANHA ELEITORAL................

 

Manuel Alegre recebe um valor de 3.219,95 Euros por ter trabalhado um ano RDP num cargo que nem ele sabe qual era (1974/1975).

 

Santana Lopes obteve uma reforma de primeiro-ministro após seis meses de trabalho, que acumulou depois com a reforma de deputado.

 

Marques Mendes mal fez 50 anos de idade, tratou de logo de requerer uma pensão de 2.905 Euros.

 

Freitas do Amaral, ao saber que lhe faltava pouco tempo para obter a reforma vitalícia de deputado, desligou-se do CDS, mas não da Assembleia da Republica enquanto não completou o tempo necessário para a obter.

 

Carlos Brito, quando obteve a sua reforma, mandou “passear” o PCP, onde durante décadas militou.

 

Fernando Rosas, dirigente do Bloco de Esquerda, quando atingiu os 8 anos necessários para solicitar a sua reforma de deputado, mandou a Assembleia às urtigas.

 

Mira Amaral, antigo ministro de Cavaco Silva depois de obter uma reforma de deputado, em 21 meses obteve uma reforma da Caixa Geral de Depósitos no valor de 18.000 Euros mensais.

 

Campos e Cunha, ministro das finanças de Sócrates, após ter trabalhado 6 anos no Banco de Portugal, e com apenas 49 anos, obteve uma reforma de 114.784 Euros.

 

Diogo Leite Campos, do PSD. À semelhança de outros camaradas de partido, bastarem-lhe 6 anos no Banco de Portugal para obter mais uma reforma do Estado.

 

Vasco Franco, figura de proa do PS, obteve uma reforma de deputado de 3.035 Euros. Recebe ainda uma outra como deficiente de guerra por ter sido ferido em Moçambique depois de 1974.

 

Centenas de governantes e deputados de todas as cores políticas, independentemente da sua idade ou da sua competência, têm sido contemplados e nós, os nossos filhos e os nossos netos iremos suportar por muitos e bons anos estas reformas douradas. Até quando?

 

 

 

O autarca Luís Filipe Menezes e o deputado Fernando Moniz exerceram cargos durante quase 20 anos

Subvenções: Regalias atribuídas a beneficiários para toda a vida

399 políticos têm pensões vitalícias

Cada vez há mais ex-políticos a solicitar a subvenção vitalícia. Luís Filipe Menezes, do PSD, e Fernando Moniz, do PS, pediram-na este ano

O número de actuais e ex--titulares de cargos políticos com uma subvenção mensal vitalícia não pára de aumentar: no final de 2009, segundo o relatório anual da Caixa Geral de Aposentações (CGA), a pensão para toda a vida era atribuída a 383 ex-políticos, universo que já aumentou este ano para 399. Luís Filipe Menezes, presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia, e Fernando Moniz, deputado do PS, solicitaram, já em 2010, a atribuição da subvenção vitalícia, cujo pagamento, em ambos os casos, é suspenso enquanto ocuparem cargos políticos. Em média, cada pensão ronda 1900 euros por mês.

Os dados da CGA indicam que, desde 2005, o número de ex-titulares de cargos políticos com uma pensão mensal vitalícia aumentou cerca de 10 por cento, ao passar de 364, naquele ano, para 399, até meados deste mês. Já a despesa anual com o pagamento destas pensões mensais para toda a vida disparou no mesmo período temporal, segundo os dados dos orçamentos do Estado desses anos, 22 por cento.

Os serviços da Assembleia da República deixaram claro ao CM que Luís Filipe Menezes e Fernando Moniz 'solicitaram no corrente ano a subvenção mensal vitalícia'. Mesmo com Portugal a enfrentar uma grave crise financeira, por causa do défice das contas públicas, ontem o presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia justificou a solicitação da pensão vitalícia de forma simples: 'É um pedido legítimo e legal, mas só tem efeitos após 2013 [quando termina o mandato como autarca] ou após fazer 65 anos'.

Luís Filipe Menezes desempenhou cargos políticos durante quase 20 anos: entre 1987 e 1995 foi deputado e secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares; a partir de Janeiro de 1998 assumiu a presidência da Câmara de Gaia.

Ontem, o CM tentou contactar várias vezes Fernando Moniz, mas, até ao final desta edição, não foi possível falar com o deputado do PS. Moniz ocupou cargos políticos durante mais de 20 anos: foi deputado, eurodeputado e governador civil de Braga.

SUBVENÇÃO PODE SER ACUMULADA COM REFORMA

A lei permite aos políticos acumularem a subvenção mensal vitalícia com a pensão de aposentação a que o respectivo titular tenha igualmente direito.

A acumulação de pensões foi consagrada na lei 4, de 9 de Abril de 1985, que estabeleceu o estatuto remuneratório dos titulares de cargos políticos, e manteve-se na lei 26, de 18 de Agosto de 1995. Por isso, vários ex-políticos acumulam a subvenção mensal vitalícia com a reforma a que têm direito pela actividade profissional. Na prática, recebem duas pensões por mês.

SAIBA MAIS

LEGISLAÇÃO

A pensão vitalícia foi criada em 1985. Extinta em 2005, vigorou em regime transitório até 2009.

8,8 Milhões de euros é a despesa prevista com o pagamento das subvenções vitalícias em 2010.

12 Anos era o tempo de exercício ao fim do qual a subvenção vitalícia era atribuída aos políticos.

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

" Um povo imbecilizado e resignado, humilde e macambúzio, fatalista e sonâmbulo, burro de carga, besta de nora, aguentando pauladas, sacos de vergonhas, feixes de misérias, sem uma rebelião, um mostrar de dentes, a energia dum coice, pois que nem já com as orelhas é capaz de sacudir as moscas... Guerra Junqueiro, in " Pátria", escrito em 1896 ".............

 

publicado por blogdaportugalidade às 17:25
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

19
20
21
22

24
26
27
29

30


.posts recentes

. NINGUÉM SE PREOCUPA CO...

. ESBANJAMENTO DE DINHEI...

. E ASSIM SE VAI VE...

. LER PORTAGENS NAS SCUTS,...

. UMA CARTA DE RUY DE CA...

. MOVIMENTO CONTRA O NAO : ...

. UMA CARTA AO SR (SENHO...

. CONGRESSO DEMOCRÁTICO DAS...

. AFINAL ,QUEM É O SINDI...

. PARA TODOS OS PORTUGUESES...

.arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.favorito

. AH....GRANDE VINTE E CIN...

. As novas oportunidades

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds