Terça-feira, 5 de Fevereiro de 2013

ESTALEIROS NAVAIS DE VIANA DO CASTELO

Brasileiros desistem dos estaleiros de Viana do Castelo e deixam russos sozinhos na privatização

A Rio Nave desistiu do processo de privatização dos estaleiros de Viana do Castelo devido à investigação da Comissão Europeia a eventuais financiamentos ilegais do Estado à empresa.

Bruxelas suspeita que Estado terá financiado ilegalmente os estaleiros de Viana do Castelo Paulo Ric

Os brasileiros da Rio Nave desistiram da corrida para a privatização dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) devido aos atrasos ao processo causados pela investigação da Comissão Europeia a financiamentos do Estado aos estaleiros. A notícia foi avançada nesta terça-feira pela agência Lusa e confirmada pelo Ministério da Defesa à TSF.

Com a saída de cena da Rio Nave, os russos da RSI Trading ficam sozinhos no processo de privatização. O grupo russo confirmou na segunda-feira que iria prolongar por mais um mês a sua proposta vinculativa para a compra dos ENVC, embora admitisse estar preocupado com a “degradação” da empresa.

As notícias desta terça-feira apanharam de surpresa o presidente da Câmara de Viana do Castelo, José Maria Costa, que disse à TSF que não recebeu qualquer notícia por parte do Ministério da Defesa: “Não tenho boas ou más notícias, tenho as notícias que vêm nos jornais”, disse o autarca socialista à rádio.

Neste sentido, José Maria Costa afirmou que será pedida uma reunião de urgência com o Ministério da Defesa para ser informado em relação aos últimos desenvolvimentos do processo de privatização.

A RSI Trading disse na segunda-feira que o prolongamento de um mês à proposta de privatização não servirá como prazo-limite. Mas a empresa está preocupada com a renegociação do contrato entre os estaleiros de Viana do Castelo e a empresa de petróleos da Venezuela, no valor de 128 milhões de euros.

A Comissão Europeia está a investigar empréstimos e aumentos de capital à empresa pública de inciativa do Estado. No foco da investigação de Bruxelas está a possibilidade de estas linhas de crédito terem chegado em condições tão favoráveis para os estaleiros que nenhuma entidade privada poderia ter oferecido esses termos, o que seria uma violação às leis da União Europeia sobre a concorrência.

publicado por blogdaportugalidade às 11:49
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

19
20
21
22

24
26
27
29

30


.posts recentes

. NINGUÉM SE PREOCUPA CO...

. ESBANJAMENTO DE DINHEI...

. E ASSIM SE VAI VE...

. LER PORTAGENS NAS SCUTS,...

. UMA CARTA DE RUY DE CA...

. MOVIMENTO CONTRA O NAO : ...

. UMA CARTA AO SR (SENHO...

. CONGRESSO DEMOCRÁTICO DAS...

. AFINAL ,QUEM É O SINDI...

. PARA TODOS OS PORTUGUESES...

.arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.favorito

. AH....GRANDE VINTE E CIN...

. As novas oportunidades

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds