Segunda-feira, 4 de Julho de 2011

FOI O QUE MELHOR PODIA TER FEITO FERNANDO NOBRE...ENTRAR NA POLITICA É COMO ENTRAR NUMA MAÇONARIA: OU NUMA SEITA....SÓ ENTRAM QUEM É POR ELES PARA GARANTIR O TACHO...


 
Fernando Nobre renuncia ao lugar de deputado
Na carta de renúncia, o médico deixa palavras de elogio a Passos Coelho e à "maioria do grupo parlamentar do PSD" Miguel A. Lopes, Lusa

Fernando Nobre entregou há três dias a carta de renúncia ao mandato de deputado, tendo informado previamente o primeiro-ministro da intenção de deixar o Parlamento. Tal como indicara na sequência do convite de Pedro Passos Coelho para encabeçar a lista do PSD por Lisboa, o fundador da Assistência Médica Internacional (AMI) deixa a bancada social-democrata depois de ter falhado a eleição para o cargo de presidente da Assembleia da República.

 
A carta de renúncia de Fernando Nobre chegou ao Parlamento na sexta-feira. A diligência foi já confirmada à agência Lusa pelo secretário da mesa da Assembleia da República, Duarte Pacheco. O ex-candidato a Belém encontra-se fora do país e deve regressar dentro de dez dias.

Nobre esteve ausente das sessões parlamentares de apresentação do Programa de Governo, tendo alegado motivo de doença. O fundador da AMI foi o primeiro nome designado pelo líder do PSD para render Jaime Gama na presidência da Assembleia da República. A 20 de junho, tornava-se o primeiro candidato àquele cargo a falhar a eleição por duas vezes consecutivas em 35 anos. Acabaria por desistir, abrindo caminho à escolha da deputada social-democrata Assunção Esteves.

Uma fonte próxima do antigo presidente da Assistência Médica Internacional, citada no Jornal da Tarde da RTP, adiantou que Pedro Passos Coelho convidou Fernando Nobre para ocupar o lugar de conselheiro de Estado. O convite foi recusado.

“Alguma tristeza”
Na carta que fez chegar à Assembleia da República, Nobre reconhece que é com “alguma tristeza” que abandona as funções parlamentares. Para depois manifestar a convicção de que poderá ser “mais útil” no trabalho humanitário.

“É com alguma tristeza que me afasto das funções de recém-eleito deputado, mas estou certo e ciente de que serei, como já referi, mais útil aos portugueses, a Portugal e ao mundo na ação cívica e humanitária que constitui a minha marca identitária”, escreve Fernando Nobre na carta de renúncia, cujo conteúdo é revelado pela agência Lusa.

O médico deixa também palavras de elogio a Passos Coelho e à “maioria do grupo parlamentar” laranja: “Travar esta batalha ao lado do senhor doutor Pedro Passos Coelho e da grande maioria do PSD constituiu um enorme desafio que muito me orgulha e uma imensa honra”.

“O senhor doutor Pedro Passos Coelho e a maioria do grupo parlamentar do PSD tiverem sempre para comigo uma atitude de grande estímulo e apreço. Tentei retribuir dando toda a minha energia, disponibilidade e genuíno empenho”, assinala.

“O lugar mais adequado”
Em entrevista publicada a 16 de abril pelo Expresso, Fernando Nobre indicava que renunciaria “de imediato” ao seu lugar na bancada do PSD, caso não conseguisse a eleição para a presidência da Assembleia da República. Nobre assumia ainda ao jornal que aceitara integrar as listas social-democratas com o “exclusivo e inequívoco propósito” de ser eleito para segunda figura do Estado.

No dia seguinte, entrevistado na RTP, ensaiaria uma posição mais moderada: “No caso de não ser nomeado [para o cargo de presidente do Parlamento], na altura certa ajuizarei qual é o lugar mais adequado para mim, para servir Portugal”.

Sem desmentir as palavras publicadas pelo semanário, Nobre lamentou, então, não ter conseguido aclarar que a renúncia ao cargo de deputado demonstraria um “desapego completo a qualquer cargo político de poder”. Disse ainda que “nunca quis ser deputado e presidente da Assembleia da República”: “Eu só quis ser uma coisa, Presidente da República”.

publicado por blogdaportugalidade às 17:35
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

19
20
21
22

24
26
27
29

30


.posts recentes

. NINGUÉM SE PREOCUPA CO...

. ESBANJAMENTO DE DINHEI...

. E ASSIM SE VAI VE...

. LER PORTAGENS NAS SCUTS,...

. UMA CARTA DE RUY DE CA...

. MOVIMENTO CONTRA O NAO : ...

. UMA CARTA AO SR (SENHO...

. CONGRESSO DEMOCRÁTICO DAS...

. AFINAL ,QUEM É O SINDI...

. PARA TODOS OS PORTUGUESES...

.arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.favorito

. AH....GRANDE VINTE E CIN...

. As novas oportunidades

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds