Quinta-feira, 29 de Julho de 2010

A JUSTIÇA em Portugal e o Descrédito dos seus responsáveis e de Portugal

 
Falar na Justiça em Portugal é como que uma gargalhada exuberante ,daquelas que por exageradas nem gostamos de ouVIR...
Assim  temos o Caso  da Casa Pia ,havia não sei quanto pedófilos e o assunto vai ser resumido a um e apenas um MEXILHÃO...
Depois vem o caso FREEPORT ,cuja instrução / investigação foi como que imterrompida ,fixando-se um prazo estudado de forma a que
determinados individuos responsáveis na altura nãofossem ouvidos...Ainda bem que os dois arguidos deste processo  reclamaram para
a instrução doprocesso e ai certamente vamos ver onde foi parar o dinheiro que deram para pagar favôres,courrupção privilegiada,passiva e/ou
concussão.
O caso do sucateiro de Aveiro e ainda um outro que estou dentro dele que é o caso do sucateiro de SETUBAL...Isto por que a Câmara Municipal de Setúbal USANDO e ABUSANDO do poder  decidiu fazer um contracto com um sucateiro,que depois fez parte de uma sociedade anónima e esta por sua vez alocou financeiramente o terreno através de Banco  BPI.
Recorri ao Julgado de Paz,mas como o terreno jánão era do SOCATEIRO  (?)-,mas reparem que o contracto foi feito entre a CMSetúbal,assinado por um vereador e a Presidente da Câmara e nem sequer sabiam do paradeiro do dono do terreno,nem do que se estava lá a fazer...
Só queria AVISAR que comigo as coisas irão funcionar de uma forma diferente...Já gastei com a Justiça ,mais de 3000 €uros...Retiraram-me os marcos ,retiraram-me 50o0m2 de terreno e ando nisto há mais de dois anos e ainda por cima a PRESIDENTE que usou e abusou do PODER
ainda se julga impune por que teve 9 inspecções e NADA SOFREU...
Isto pode ouvir-se na gravação da sessão pública de16 DEXembro de 2009...
Depois RECORRI ao Subdelegado de Setúbal ,mas como foi fora do tempo ,ficou por aí...Procoradores ou subprocuradores é igual a ZERO...
Por isso falar de JUSTIÇA ,NÃO ACREDITO NEM NINGUÉM DEVE ACREDITAR por mais bem intencionado que seja...DE umainjustiça e
ACREDITO que todos estes processo e até o ABUSO DO PODER "SÃO DECISÕES POLITICAS"... E contra isto ,nem recorrendo para o
tribunal europeu por que este ,ou a EUROPA ,sofre do mesmo mAL A CORRUPÇÃO PASSIVA;PRIVILEGADA OU CONCUSSÃO
 
A Justiça portuguesa está ligada a uma forma de corrupção,por que não existe uma independência REAL dos magistrados: EXISTE
SEMPRE UM PAPÃO...Vejam o caso do Sr Juiz Joaquim Teixeira..acusado de êrro grosseiro,etc,etc..
 
Isto quer dizer que esta politica actual não merece ser continuada e por isso,poderão haver as eleições que quiserem,mas se não mudarem
o sistema politico,cada vez mais este país SE AFUNDA ,até que um dia terá que sobreviver.Isto por que não vejo pessoas de tomarem as rédeas do país ,ainda pensava no RAMALHO EANES,mas este já está alienado,já é HONORIS CAUSA,e sabe-se mais o quê?
Não vejo ninguém e só vejo o país entregue nas mãos de uns rapazolas que não sabem o que hão fazer...mas a CULPA É DOS PORTUGUESES EM GERAL...
 
Casal da Eira da Pedra,31de Julho de 2010
 
João Ernesto Fonseca dos Santos,sem CONSULTA de cardiologia para este ano,diabético e com 77 anos...Já sei que vou para o rol dos desaparecidos " naturalmente"
publicado por blogdaportugalidade às 19:31
link do post | comentar | favorito
|

A INSOLUBILIDADE DO SISTEMA POLITICO EM PORTUGAL...

Esta é uma carta aberta  e diz respeito à Insustentabilidade politica actual do País
publicado por blogdaportugalidade às 18:28
link do post | comentar | favorito
|

A REFORMA NUM DECRETO E DESPACHOS RESOLVEM A UNIDADE DA SAÚDE MILITAR...

 

Ora aqui está o programa faseado da REFORMA da SaÚDE MILITAR

Já temos o Hospital ÚNICO para os três ramos das FAS...É só des

pachar no papel ...e já está

 

lisboa 28 de JUL2010
Fonseca dos santos

 

 

Santos Silva no meio de fogo cruzado na reforma da saúde, Diário Notícias  de 30-07-2010
 

Santos Silva no meio de fogo cruzado na reforma da saúde Defesa. Força Aérea questiona proposta do Exército, "unilateral e sem coordenação prévia" com os outros ramos, por achar que visa forçar a tutela a instalar o hospital único na Estrela O ministro da Defesa, no meio do fogo cruzado entre o Exército e a Força Aérea e Marinha sobre a saúde militar, informou as partes de que só dará "o mínimo dos mínimos" (em euros) para as obras de instalação dos serviços comuns. O "recado" de Augusto Santos Silva, segundo fontes ouvidas ontem pelo DN, foi dado na quarta-feira e teve como pressupos...

 

Vamos ver as reacções dos militares.Amanhã às 09H30 é o feuneral do Sr General Prereira Pinto...Faleceu no Hospital Militar...

Certamente ,irão lá aparecer muitos politicos...


 

Esta é que foi a polémica ...Para algumas especialidades já não havia vaga para este ano...Assim agora vão aumentar os recursos humanos e vai quintuplicar os doentesnum só Hospital...

Com 77 anos não tenho consulta de cardiologia para este ano...

 

publicado por blogdaportugalidade às 00:50
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 28 de Julho de 2010

Pode-se acreditar nas instituições portuguesas???

Gostaria imenso de ACREDITAR nas instituições portuguesas: instituições governamentais ,instituições sociais,etc...Queria acreditar ,mas NÃO POSSO.

Não se faz ideia como é enquadrada a organização territorial dos Ministérios Governamentais...Há Ministérios a mais,Há POLITICOS a mais e só

existem uns quantos culpados e esses são os que trabalham: Os funcionários públicos...

Assim ,por exemplo ,uma Câmara Municipal põe em uso uma decisão contrária à da REUNIÃO CAMARÁRIA e assimessa decisão motivada pelo ABUSO

DO PODER ,é uma DECISÃO POLITICA...Depois ,para contrariar esta decisão politica ,que só beneficia ,uns quantos lobies,é preciso ir para tribunal.

Começamos pelo Julgado Municipal...Este não tem instrução nem investigação,logo um frágil ser deste país tem que ter a certeza dos dados ,embora ninguém tenha o DEVER de os facilitar...Assim fica o processo do julgado em águas de bacalhau e passa para cá 36 €uros,acrescidos de outros 36 por apresentação de queixa...Mas o êrro aí é este: Por exemplo ,não sei quem é o dono de uma parcela do terreno contigua...Na Cãmara não sabem informar,na Conservatória dão dados errados ,por incompletos ou então os livros ainda não estão informatizados,ou o sistema

está fora de serviço...

Assim,o dono que a gente pensa ser ,por que nos dizem,afinal não é dono por que o dono é um Banco que alocou financeiramente esse terreno a uma emprêsa espanhola e que hoje reside aqui,amanhã ali e ainda o mais certo é procurar no GOOGLE,ou na " INTERNET"...

Mas o que mais me espanta é a diversidade de instituições pra tratar de um assunto...

Se a parcela é reserva agricola,vou para uma instituição Se quiser reclamar do prejuizo do nivel friático tenho que ir para outra instituição,se se

MEXER  ou MOVIMENTAR TERRAS é noutra instituição...e assim se anda embrulhado sem ter conhecimento da pessoa a quem DEVE APRESENTAR

QUEIXA ,ou QUEIXAS,triplicando-se assim o expediente e o gasto em pessoal,que esse no caso de hoje começou a trabalhar às 10H00,apesar de se tratar o assunto com um advogado...

OUTROS TEMPOS...

 

Mas ,agora VOU FALAR da REFORMA DA SAÚDE MILITAR que é aquela que O ESTADO ME DEVE...

Recebi o Boletim do IASFA ( antigos SERVIÇOS SOCIAIS DA FÔRÇAS ARMADAS,para o que DESCONTAMOS 1,..% do vencimento,já REFORMADO),hoje, e LÊ-SE  A REFORMA DO SERVIÇO DE SAÚDE MILITAR,...como se estivesse já RESOLVIDO.como se a vida de um militar dependa

de um despacho,ou de uma comissão àd hoc.

Está correcta a visão deste assunto,mas ,há muitos anos ,na ceia do NATAL,lá no NORTE,havia um jôgo que se chamava "RAPA,TIRA,PÕE E DEIXA",pois é quase a mesma coisa ,deslocar serviços de uma fracção hospitalar,agora dependendo no conjunto ,do CEMGFA,mas NÃO ACREDITO

na eficiência.

Só quando fôr contrariado e nessa altura DIGO o que sinto desta REFORMA...Por acaso ,já trabalhei com pessoal da Marinha e da Fôrça Aérea,na

Policia judiciária Militar...,mas reparei que nem tôda a gente dos diferentes ramos SERVE para trabalhar em conjunto...

Lembro que ,na Guerra do Ultramar, já havia operações conjuntas,não é de agora e até RECORDO dos exercicios Wintex Cimex, em BRUXELAS e LX...

 

Mas ,não está ,nem vai estar nos anos restantes da minha VIDA...VOU PUBLICAR aqui a REFORMA ...feita ,certamente por civis incluidos na comissão,por que ,embora esteja programada por objectivos em cada Hospital ainda hoje existente,mas o certo CERTO é que para este ano

e por exemplo solicitada uma consulta em JUNHO,que era o mês que começavam as consultas programadas ,JÁ NÃO TINHA CONSULTA...

Ora todo o meu processo está no Hospital MILITAR...só consulta é que não tenho...

 

Bem queria acreditar nestas REFORMAS e nas INSTITUIÇÕES ,mas NÃO POSSO.Nada me garante que posso acreditar...O Melhor é sair de Lisboa e ir ,por exemplo para as CALDAS DA RAINHA...Aí deu-me uma má disposição e o que foi certo é que fui tratado como NUNCA tinha sido até então,tanto que até me senti na obrigação moral de escrever uma carta ao Ministro da Saúde e ao director do Hospital a agradecer,pois o que tenho a dizer digo-o tanto para o BEM como para o MAL,e seja a quem fôr...

 

Lisboa ,28 de JULHO de 2010

 

Por Fonseca dos Santos

publicado por blogdaportugalidade às 17:52
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 20 de Julho de 2010

A REVISÃO CONSTITUCIONAL...VALE A PENA ?????

 

Fala-se nestes últimos dias de REVISÃO CONSTITUCIONAL,ou seja REVER a Constituição Politica Nacional...

Mas quem é que vai REVER???Para mim ,esta REVISÃO parece ser feita por "putos" sem experiência da vida  e orquestrados por partidos politicos.

Mas REVER para quê? Pois se existem artigos na actual constituição politica que NUNCA foram CUMPRIDOS ??

A primeira fase seria desde já REDUZIR o número de deputados e criar um estatuto do Politico e/ou deputado,bem como acumulações de serviços,

especialmente.

Julgo que o país peca POR FAZER tanta legislação sôbre o mesmo assunto...e daí os portugueses NÃO SABEM sequer consultar a legislação...

Deparamo-nos com excessivo campo de legislação e o pior de tudo é que NÃO SE CUMPRE,não só a nivel governamental como ainda a nivel autárquico...

A nivel autárquico tenho conhecimento que um vereador e um presidente assinam um contracto ,sendo na sessão anterior da Câmara Municipal

REJEITADO pela própria Câmara,baseado numa proposta  do vereador que assinou conjuntamente com o presidente e NADA,absolutamente NADA

aconteceu,apesar de o assunto ter ido para tribunal...

Por conseguinte,o que falta em PORTUGAL É A LEI (seu cumprimento) e a ORDEM (factor decisivo na Administração Pública)

 

Não compreendo o exagêro da despesa da ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA,não Compreendo o NÚmero excessivo de deputados,sem experiência e al-

guns ,lá se vão REFORMANDO ,mais certamente com  vergonha de se tornarem  DEPUTADOS PROFISSIONAIS...

Falta-lhes o tal " calo " ,falta-lhes conhecer que estão NUM país à beira da BANCA RÔTA e com portugueses em estado de DESEMPRÊGO que ronda os 11%...

Legislação sôbre o trabalho é tão dispersa que se confunde,que dá origem a desconhecer qual a lei por que uma emprêsa admite a dias empregadas russas ,para as despedir passados alguns dias de utilização,como ESCRAVAS...Hoje existe a ESCRAVATURA no nosso país...Pode haver ,e há em outros,mas nós que fomos dos pioneiros a acabar com a escravatura,estamos agora a repô-la ...

Para além da redução do `número de deputados ,há necessidade absoluta de VINCULAR os deputados ao seu ,e apenas,circulo eleitoral,ou seja

à sua terra de naturalidade e/ou onde viva desde um certo número de anos ,de forma a conhecer os problemas do circulo pelo qual foi eleito...

É verdade,votar em eleições é apenas votar em listas que até NEM CONHECEMOS...

E,já agora,repito,no tempo do Marcelo Caetano,era presidente de uma Câmara em Angola e o Administrador era o Sr Dr José Francisco Prêto...

Vem ter comigo  e diz-me  que num determinado domingo ia haver eleições para a ASSEMBLEIA Legislativa de Angola  e por isso tinha que ir VOTAR....Em Quem ?? pergunto-lhe ..NÃO VOTO ,NEM É DO DISTRICTO NEM O CONHEÇO e Não VOTEI...

Por isto NADA  me aconteceu...

EM Portugal,no país de gente de brandos costumes,de gente desinteressada pelo seu futuro,pelo dos netos ,pela continuidade de PORTUGAL,

apenas vão VOTAR ,os funcionários dos partidos,os partidos e aqueles que vão arranjando emprêgos pela " porta do cavalo " e ainda filhos e

parentes de ex Presidentes da República,ex ministros ,ministros...

 

REPAREM que nós estamos a ser governados por uma representação de cerca de 2 MILHÕES ( ? ) de portugueses...Nós somos mais de 10 milhões....

 

POR ISSO e PARA MUDAR esta ORGANIZAÇÃO POLITICA TODOS DEVIAMOS DE VOTAR...e NÃO AGUARDAR IMPOSIÇÕES de grupos politicos que

não representam NADA,ou pelo menos  1/5 da população...

 

Alguém terá que levar o país para o futuro,para a continuidade,mas não vejo futuro Presidente da República que possa TOMAR CONTA DESTA

REPÚBLICA..

TEMOS QUE PENSAR e agora os portugueses NÃO PODEM CONTAR COM AS FÔRÇAS ARMADAS por que essas também tem os chefes nomeados

pelos politicos...

 

Só o tempo irá dizer ...o que se vai passar e isso se fôr mais para a lama,já não verei...

 

Estou como o BOCAGE...no seu soneto    JÁ BOCAGE NÃO SOU...

 

 

publicado por blogdaportugalidade às 18:16
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Julho de 2010

DISCURSOS POLITICOS EM CAMPANHA;PR'A GENTE PERCEBER....

Se gostam da Lingua Portuguesa, não deixem de apreciar como é bom saber "engenharia gramatical"
 
 
19:52:03 +0100

 

 



 

Este texto é dos melhores registos de língua portuguesa que eu tenho lido sobre a nossa digníssima 'língua de Camões', a tal que tem fama de ser pérfida, infiel ou traiçoeira.



NÃO DEIXEM DE LER !


 

Um político que estava em plena campanha chegou a uma pequena cidade, subiu para o palanque e começou o discurso:
 
- Compatriotas, companheiros, amigos! Encontramo-nos aqui, convocados, reunidos ou juntos para debater, tratar ou discutir um tópico, tema ou assunto, o qual me parece transcendente, importante  ou de vida ou morte. O tópico, tema ou assunto que hoje nos convoca, reúne ou junta é a minha postulação, aspiração ou candidatura a Presidente da Câmara deste Município.

De repente, uma pessoa do público pergunta:

- Ouça lá, porque é que o senhor utiliza sempre três palavras, para dizer a mesma coisa?

O candidato respondeu:

- Pois veja, meu senhor: a primeira palavra é para pessoas com nível cultural muito alto, como intelectuais em geral; a segunda é para pessoas com um nível cultural médio, como o senhor e a maioria dos que estão aqui; A terceira palavra é para pessoas que têm um nível cultural muito  baixo, pelo chão, digamos, como aquele alcoólico, ali deitado na esquina.


De imediato, o alcoólico levanta-se a cambalear e 'atira':

- Senhor postulante, aspirante ou candidato: (hic) o facto, circunstância ou razão pela qual me encontro num estado etílico, alcoolizado ou mamado (hic), não implica, significa, ou quer dizer que o meu nível (hic) cultural seja ínfimo, baixo ou mesmo rasca (hic). E com todo a reverência, estima ou respeito que o senhor me merece (hic) pode ir agrupando, reunindo ou juntando (hic) os seus haveres, coisas ou bagulhos (hic) e encaminhar-se, dirigir-se ou ir direitinho (hic) à leviana da sua progenitora, à mundana da sua mãe biológica ou à puta que o pariu!


Lisboa,19de juho de 2010

 

Fonseca dos santos

publicado por blogdaportugalidade às 10:32
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 17 de Julho de 2010

PORTUGUESES DE.....PRIMEIRA:.....JULGAVA QUE JÀ TINHA ACABADO ESTA CLASSIFICAÇÃO DOS PORTGUESES

 

 VIVA A MARIA! VIIIVAAAA!!

ADIDA EM LONDRES

INFORMAÇÃO A TODOS OS PORTUGUESES....

AFINAL OS NOSSOS JOVENS TÊM

MÉRITO...OU NÃO????

 

A nossa Maria merece...


'De acordo Com O Correio da Manhã,
Maria Monteiro, filha do antigo Ministro António Monteiro e que actualmente ocupa o cargo de adjunta do porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros vai para a
Embaixada portuguesa em Londres.


Para que a mudança fosse possível,

José Sócrates e o ministro das Finanças

 

descongelaram a título excepcional uma contratação de pessoal especializado.

Contactado pelo jornal, o porta-voz Carneiro Jacinto explicou que a contratação de Maria Monteiro já tinha sido decidida antes do anúncio da redução para metade dos conselheiros e adidos das embaixadas.


As medidas de contenção avançadas pelo actual governo, nomeadamente o congelamento das progressões na função pública, começam a dar frutos.


Os sacrifícios pedidos aos portugueses permitem
:

assegurar a carreira desta jovem de 28 anos que, apesarda idade, já conseguiu, por mérito próprio e

 com uma carreira construída a pulso, atingir um nível de rendimento mensal superior a 9000 euros.
É desta forma que se cala a boca a muita gente que não acredita nas
potencialidades do nosso país,

os zangados da vida que só sabem
criticar a juventude, ponham os olhos nesta miúda.
A título de curiosidade, o salário mensal da nossa nova adida de
imprensa da embaixada de Londres daria para pagar as progressões de
193 técnicos superiores de 2ª classe,

de 290 Técnicos de 1ª classe ou
de 290 Assistentes Administrativos.


O mesmo salário daria para pagar os salários de, respectivamente,

 

7, 10 e 14 jovens como a Maria, das categorias acima mencionadas, que
poderiam muito bem despedir-se, por força de imperativos orçamentais.
Estes jovens sem berço, que ao contrário da Maria tiveram que
submeter-se a concurso, também ao contrário da Maria já estão
habituados a ganhar pouco e devem habituar-se a ser competitivos.
A nossa Maria merece.
Também a título de exemplo, seriam necessários os descontos de IRS de
 
92 Portugueses com um salário de 500 Euros a descontarem à taxa de
20%.
Novamente, a nossa Maria merece!'


Merece,

em nome do Progresso,

do grande Choque Tecnologico!

 



publicado por blogdaportugalidade às 10:56
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Julho de 2010

NINGUÉM DEVE ESTAR ACIMA DA LEI ,especialmente os que a DEVEM CUMPRIR....

O PM E OS PILOTOS MILITARES

 

 

 

 João José Brandão Ferreira

 

            Com cerca de mês e meio de “decalage”, surgiu nos jornais uma “fuga de informação” que dava conta da eventual insatisfação e desconforto do senhor Primeiro Ministro (PM), relativamente à “recusa” da tripulação do Falcon 50, da FAP, em o transportar para Lisboa, após uma reunião em Bruxelas.

 

            Tal facto teria ocorrido no dia 7 de Maio, aquando da reunião da União Europeia, em que foi acordado o apoio financeiro à Grécia e criado um fundo de reserva de 750 Meuros à guarda do Banco Central Europeu (por curiosidade refere-se que esta reunião foi antecedida de uma outra, poucos dias antes em Dublin, do grupo “trilateral” e continuada por outra, a 6 de Junho, em Barcelona, do Grupo Bilderberg…).

 

            O caso deu-se por a reunião em que a comitiva portuguesa esteve presente, ter demorado mais do que o previsto e tal ter provocado que o tempo máximo de trabalho da tripulação ir ser ultrapassado.

 

            Sem querer entrar em pormenores, refiro que o tempo de serviço aéreo é calculado em termos diários, semanais, mensais e até semestrais e anuais, em função do tipo de aeronave que se voa; é definido, com nuances, entre o início de um voo e o seu término, e está devidamente legislado (na FA através do Regulamento do Serviço Aéreo e para os civis, através do Dec-Lei 139/04,de 3/7.). A seguir a um período de actividade aérea, segue-se obrigatoriamente um período de descanso, também ele regulamentado.

 

            Deve acrescentar-se que a legislação civil é mais restritiva que a militar e que ambas são naturalmente para cumprir, pois para além de uma questão de princípio, mexem com a segurança de voo. Na FA, por ser uma força militar, por maioria de razão.

 

            Para um completo esclarecimento do quadro, deve acrescentar-se, que a nível das empresas do Estado, o cumprimento da legislação é vigiado cuidadosamente pelos sindicatos, enquanto que na aviação que se move no âmbito do livre mercado, as empresas sentem a legislação como uma limitação que lhes tolhe a “flexibilidade” e os lucros, pelo que existem pressões amiúde, sobre as tripulações para “forçar” as restrições existentes.

 

            Por último, o comandante de bordo ou qualquer membro da tripulação pode colocar restrições ao seu desempenho caso não se sinta em condições psico-físicas para o exercício das suas funções, o que obviamente obrigará a uma cabal justificação do ocorrido.

 

            Finalmente, a nível da FA, havendo operações reais a decorrer em casos de emergência, crise ou guerra, o grau de risco e esforço poderá ser aumentado, a qual será da decisão da competente cadeia de comando. Em qualquer caso deve estar presente o “bom senso”, muito escorado na experiência, conhecimento e importância da missão.

 

            Ora à FA está cometida a missão, através da Esquadra 504, de transportar altas entidades do Estado.

 

            Porque é que existe esta missão?

 

            Pois, porque só a FA tem a capacidade e a flexibilidade de, no âmbito temporal e espacial, em apoiar este tipo de operação, já que a grande parte das missões são inopinadas e têm um tempo de duração incerto. Permite ainda um grau de segurança física maior. Além disso, exige-se às empresas civis um grau de eficiência elevado, que não é compatível com ter meios disponíveis para estas missões (além do seu elevado custo). Já assim não acontece com a FA que, sendo um ramo militar, a eficácia prefere, devendo ter sempre potencial disponível, para qualquer necessidade que surja.

 

            Ora tudo isto só se consegue com uma estrutura de comando e controle adequado e com aquilo a que se convencionou chamar de “condição militar”. De facto é esta característica que permite a disponibilidade de tempo e lugar e de um lote alargado de exigências e restrições individuais, que garantem o cumprimento de todas as missões em toda e qualquer circunstância.

 

            Isto é verdade para a FA (e para todos os restantes militares), mas não é verdade para os civis.

 

            Para além disso o pessoal da FA tem a missão de utilizar os seus meios como um sistema de armas integrado na defesa do espaço aéreo nacional e na cooperação com as forças de superfície (Exército e Armada), onde têm o dever de arriscar fazenda e vida. São o último instrumento para a sobrevivência do Estado e da Nação e representam um elo transcendental que mantém de pé essa entidade misteriosa que dá pelo nome de Pátria. Missão das mais insignes e importantes, portanto.

 

            Comparados com isto – e sem desprimor – os aviadores civis são apenas uma peça de um negócio, sem embargo da sua utilidade social e económica.

 

            Ora vai-se aos finalmente e aqueles que gozam de mais direitos e menos deveres (os civis) têm uma dignidade social mais elevada e ganham estupidamente mais (os que estão em empresas estatais) e menos estupidamente mais (os que estão na privada), do que aqueles que têm  menos direitos e mais deveres – os militares!

 

            E pode ser até, sr. PM, que os motoristas que foram recentemente reforçar o seu gabinete, ganhem mais, só de ajudas de custo, do que o capitão que o transportou a Bruxelas...

 

            Não foi seguramente por isto que o senhor  PM ficou em terra, mas pode um dia destes não ter sequer quem o transporte, pois no quadro de pilotos aviadores faltam cerca de 1/3 dos efectivos…

 

            E como tem sido timbre de todas as forças políticas porfiarem em descaracterizar e minarem os fundamentos da Condição Militar – que é o que permite manter a Instituição Militar de pé - podem acordar um dia com a impossibilidade de cumprirem missões ou com um gravíssimo problema “disciplinar”, no regaço.

 

            Umas notas finais:

 

            Parece ser de todo útil haver uma maior coordenação entre partes, para que acontecimentos como este, desapareçam ou sejam minimizados. Pode, por ex., estimar-se melhor a duração dos eventos e enviar tripulações reforçadas; pô-las a descansar atempadamente; posicioná-las ou rodar aeronaves (claro que tudo isto implica meios…),etc. Menos se compreende, que o PM  tenha regressado em voo comercial no dia seguinte de manhã e o Falcon também… Duas despesas.

 

            Por último, transportar altas individualidades implica cuidados adicionais, o que se iria dizer de uma tripulação que tivesse violado o período de descanso (ou outras regras) e ocorresse um acidente? Lembram-se do voo em que faleceu o ex-Presidente da Polónia?

 

            Fez bem o comandante da FA em defender os seus homens – não seria aliás de esperar outra coisa – e nem parece que o PM ficasse aborrecido com o sucedido, ao contrário do que alguns “media” – sabe-se lá com que intenção  - quiseram fazer crer.

 

            Mas se por acaso um dia ficar, tem boa solução: faça-se transportar numa companhia civil – o governo é, até, patrão de algumas.

 

            Verá como fica satisfeito num ápice.

 

 

 

 

                                                                                              João José Brandão Ferreira

 

                                                                                                      TCOR/Pilav(Ref)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por blogdaportugalidade às 22:09
link do post | comentar | favorito
|

DEPOIS PAGAMOS MAIS ...ED MAIS IMPOSTOS,cada vez mais

 
Quando é que o PÔVO PORTUGUÊS ,aquele ,que não faz parte de LOBIES POLITICOS,pensa no seu futuro,no futuro de PORTUGAL???
Quando é que o PÔVO PORTUGUÊS abre os OLHOS ????
Precisamos de umas " INVASÕES FRANCESAS"???
Portugueses ,não contem com FÔRÇAS ARMADAS,para deitar ou mudar o sistema politico....
O SISTEMA POLITICO MUDA-SE INDO TODOS VOTAR EM BRANCO
FAZENDO 10 MILHÕES DE ASSINATURAS PARA MUDAR PORTUGAL...
PENSEM ;POR ENQUANTO COM A VOSSA CABEÇA,antes de aparecer um "maluco"
Fonseca dos santos
publicado por blogdaportugalidade às 21:11
link do post | comentar | favorito
|

TEIMAR em continuar a (des) governar, É AFUNDAR MAIS O PAÍS....

 

Co esta classe POLITICA SEJA DO PS;DO PSD;DO CDS;ETC;

 

NÃO VAMOS A LADO NENHUM . TEMOS QUE MUDAR O SISTEMA. NÃO VENHAM COM A DESCULPA DA CRISE GLOBAL...ANTES DESSA ,JÁ NÓS
 ESTAVAMOS EM CRISE derivada pela avareza de alguns ,tráfego de influências ,corrupções-todos os tipos de corrupção e em especial nas

autarquias...

 

fs

 

Contra-mão

Por Joaquim Letria, 4 de Maio de 2010

 

 

SÓCRATES parece aqueles velhinhos que se metem pelas auto-estradas em contra-mão, com o Teixeira dos Santos no lugar do morto, a gritarem que os outros é que vêm ao contrário.
De rabo entre as pernas, fartinhos de saberem que estavam errados, não conseguem agora disfarçar o mal que nos fizeram. Ainda estão a despedir-se, agradecidos, do Constâncio, e já dão a mão a Passos Coelho, que lhes jura que conhece uma saída perto e sem portagem.
Estamos bem entregues! Vão-nos servindo a sopa do Sidónio, à custa dos milhões que ainda recebem da Europa, andam pelo mundo fora sem vergonha, de mão estendida, a mendigar e a rapar tachos, tratados pelos credores como caloteiros perigosos e mentirosos de má-fé.
Quando Guterres chegou ao Governo, a dívida pouco passava dos 10% do PIB. 15 anos de Guterres, Barroso, Sócrates e de muitos negócios duvidosos puseram-nos a dever 120% do PIB.
Esta tropa fandanga deu com os burrinhos na água, não serve para nada e o estado do próprio regime se encarrega de o demonstrar. Falharam todas as apostas essenciais. Todos os dias se mostram incapazes. Mas com o Guterres nos refugiados, o Sampaio nos tuberculosos e na Fundação Figo, o Constâncio no Banco Central e o Barroso em Bruxelas, a gente foge para onde?

 

publicado por blogdaportugalidade às 10:42
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

19
20
21
22

24
26
27
29

30


.posts recentes

. NINGUÉM SE PREOCUPA CO...

. ESBANJAMENTO DE DINHEI...

. E ASSIM SE VAI VE...

. LER PORTAGENS NAS SCUTS,...

. UMA CARTA DE RUY DE CA...

. MOVIMENTO CONTRA O NAO : ...

. UMA CARTA AO SR (SENHO...

. CONGRESSO DEMOCRÁTICO DAS...

. AFINAL ,QUEM É O SINDI...

. PARA TODOS OS PORTUGUESES...

.arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.favorito

. AH....GRANDE VINTE E CIN...

. As novas oportunidades

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds