Sexta-feira, 26 de Março de 2010

...

Um bom artigo do insuspeito Miguel Urbano Rodrigues. Sócrates, até quando? Miguel Urbano Rodrigues - 09.02.10 Pertenço a uma geração que se tornou adulta durante a II Guerra Mundial. Acompanhei com espanto e angústia a evolução lenta da tragédia que durante quase seis anos desabou sobre a humanidade. Desde a capitulação de Munique, ainda adolescente, tive dificuldade em entender porque não travavam a França e a Inglaterra o III Reich alemão. Pressentia que a corrida para o abismo não era uma inevitabilidade. Podia ser detida. Em Maio de 1945, quando o último tiro foi disparado e a bandeira soviética içada sobre as ruínas do Reichstag, em Berlim, formulei como milhões de jovens em todo o mundo a pergunta «Como foi possível?» Hitler suicidara-se uma semana antes. Naqueles dias sentíamos o peso de um absurdo para o qual ninguém tinha resposta. Como pudera um povo de velha cultura, o alemão, que tanto contribuíra para o progresso da humanidade, permitir passivamente que um aventureiro aloucado exercesse durante 13 anos um poder absoluto. A razão não encontrava explicação para esse absurdo que precipitou a humanidade numa guerra apocalíptica (50 milhões de mortos) que destruiu a Alemanha e cobriu de escombros a Europa? Muitos leitores ficarão chocados a por evocar, a propósito da crise portuguesa, o que se passou na Alemanha a partir dos anos 30. Quero esclarecer que não me passa sequer pela cabeça estabelecer paralelos entre o Reich hitleriano e o Portugal agredido por Sócrates. Qualquer analogia seria absurda. São outros o contexto histórico, os cenários, a dimensão das personagens e os efeitos. Mas hoje também em Portugal se justifica a pergunta «Como foi possível?» Sim. Que estranho conjunto de circunstâncias conduziu o País ao desastre que o atinge? Como explicar que o povo que foi sujeito da Revolução de Abril tenha hoje como Primeiro-ministro, transcorridos 35 anos, uma criatura como José Sócrates? Como podem os portugueses suportar passivamente há mais de cinco anos a humilhação de uma política autocrática, semeada de escândalos, que ofende a razão e arruína e ridiculariza o Pais perante o Mundo? O descalabro ético socrático justifica outra pergunta: como pode um Partido que se chama Socialista (embora seja neoliberal) ter desde o início apoiado maciçamente com servilismo, por vezes com entusiasmo, e continuar a apoiar, o desgoverno e despautérios do seu líder, o cidadão Primeiro-ministro? Portugal caiu num pântano e não há resposta satisfatória para a permanência no poder do homem que insiste em apresentar um panorama triunfalista da política reaccionária responsável pela transformação acelerada do país numa sociedade parasita, super endividada, que consome muito mais do que produz. Pode muita gente concluir que exagero ao atribuir tanta responsabilidade pelo desastre a um indivíduo. Isso porque Sócrates é, afinal, um instrumento do grande capital que o colocou à frente do Executivo e do imperialismo que o tem apoiado. Mas não creio neste caso empolar o factor subjectivo. Não conheço precedente na nossa História para a cadeia de escândalos maiúsculos em que surge envolvido o actual Primeiro-ministro. Ela é tão alarmante que os primeiros, desde o mistério do seu diploma de engenheiro, obtido numa universidade fantasmática (já encerrada), aparecem já como coisa banal quando comparados com os mais recentes. O último é nestes dias tema de manchetes na Comunicação Social e já dele se fala além fronteiras. É afinal um escândalo velho, que o Presidente do Supremo Tribunal e o Procurador-geral da República tentaram abafar, mas que retomou actualidade quando um semanário divulgou excertos de escutas do caso Face Oculta. Alguns despachos do procurador de Aveiro e do juiz de instrução criminal do Tribunal da mesma comarca com transcrições de conversas telefónicas valem por uma demolidora peça acusatória reveladora da vocação liberticida do governo de Sócrates para amordaçar a Comunicação Social. Desta vez o Primeiro-ministro ficou exposto sem defesa. As vozes de gente sua articulando projectos de controlo de uma emissora de televisão e de afastamento de jornalistas incómodos estão gravadas. Não há desmentidos que possam apagar a conspiração. Um mar de lama escorre dessas conversas, envolvendo o Primeiro-ministro. A agressiva tentativa de defesa deste afunda-o mais no pântano. Impossibilitado de negar os factos, qualifica de «infame» a divulgação daquilo a que chama «conversas privadas». Basta recordar que todas as gravações dos diálogos telefónicos de Sócrates com o banqueiro Vara, seu ex-ministro foram mandadas destruir por decisão (lamentável) do Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, para se ter a certeza de que seriam muitíssimo mais comprometedoras para ele do que as «conversas privadas» que tanto o indignam agora, divulgadas aliás dias depois de, num restaurante, ter defendido, em amena «conversa» com dois ministros seus, a necessidade de silenciar o jornalista Mário Crespo da SIC Noticias. Não é apenas por serem indesmentíveis os factos que este escândalo difere dos anteriores que colocaram José Sócrates no banco dos réus do Tribunal da opinião pública. Desta vez a hipótese da sua demissão é levantada em editoriais de diários que o apoiaram nos primeiros anos e personalidades políticas de múltiplos quadrantes afirmam sem rodeios que não tem mais condições para exercer o cargo. O cidadão José Sócrates tem mentido repetidamente ao País, com desfaçatez e arrogância, exibindo não apenas a sua incompetência e mediocridade, mas, o que é mais grave, uma debilidade de carácter incompatível com a chefia do Executivo. Repito: como pode tal criatura permanecer como Primeiro-ministro? Até quando, Sócrates, teremos de te suportar? "Como explicar que o povo que foi sujeito da Revolução de Abril tenha hoje como Primeiro-ministro, transcorridos 35 anos, uma criatura como José Sócrates? Como podem os portugueses suportar passivamente há mais de cinco anos a humilhação de uma política autocrática, semeada de escândalos, que ofende a razão e arruína e ridiculariza o Pais perante o Mundo?" Também sou da sua geração e os meus parabens pelo seu ponto de vista que é também o meu...
publicado por blogdaportugalidade às 18:12
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Março de 2010

O SONHO preocupante de SOKRATIS


 

 

Assunto: O SONHO DE SoKRATIS

 

SOKratis está na cama com a namorada, a dormir, mas... a sonhar. Sonhava que tinha ficado pobre, muito pobre e falando alto, diz:

- Tou teso!! ... tou teso !!!!
A namorada acorda, ouve, apalpa, e irritada, reclama:
 

- Porra pá, que até a dormir és mentiroso...!!!!

 

publicado por blogdaportugalidade às 09:54
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Março de 2010

A VERDADEIRA SITUAÇÃO FINANCEIRA DE PORTUGAL-O DESCRÉDITO

Economia

Agência Fitch corta rating de Portugal para «AA-»

Decisão fundamentada com elevado défice de 2009

 

A Fitch baixou o rating da dívida a longo prazo de Portugal de «AA» para «AA-», com «perspectiva negativa», de acordo com uma nota emitida esta quarta-feira pela agência de notação a que a Agência Financeira teve acesso.

Fitch: Governo lança último apelo

Veja o vídeo
Custo da dívida portuguesa dispara após corte da Fitch

Segundo a Fitch, esta decisão resulta da fraca evolução orçamental de 2009, ano em que o défice público português alcançou os 9,3% do Produto Interno Bruto (PIB).

Descida do rating é a primeira em doze anos

«Um choque fiscal considerável num cenário de relativa fragilidade macroeconómica estrutural reduziu a credibilidade de Portugal», de acordo com as palavras do director-adjunto da equipa da Dívida Soberana da Fitch, Douglas Renwick.

«Embora Portugal não tenha sido desproporcionalmente afectado pela recessão global, as perspectivas de recuperação económica são mais fracas do que na UE a 15, o que pressiona as suas finanças públicas a médio prazo», explica ainda Renwick.

Fitch aplaude PEC, mas admite novos cortes de rating

A Fitch já tinha ameaçado o corte do rating, mantendo o «Outlook» de Portugal negativo, enquanto aguardava pela apresentação do Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC), que será votado amanhã no Parlamento.

Veja aqui a reacção do Governo

Dois analistas da casa de notação financeira já tinham lançado, a 9 de Março, um alerta ao Governo português, deixando claro o corte do rating, caso considerassem o PEC «insuficiente».

Agora, com o corte do rating, a Fitch sublinhou, no entanto, que considera o PEC português «amplamente credível», que incorpora «pressupostos macroeconómicos razoáveis» e afasta um cenário de instabilidade política.

Veja o impacto desta notícia lá fora

Mesmo assim, a agência de notação mantém a «perspectiva negativa», admitindo um novo corte do rating para 2010 ou 2011, na sequência do que considera serem «desiquilíbrios estruturais».

publicado por blogdaportugalidade às 16:59
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Março de 2010

PROGRAMA DE ESTABILIDADE E CRESCIMENTO,o que é ???

É PRECISO QUE OS PORTUGUESES SAIBAM QUE ESTE PROGRAMA FOI-NOS IMPÔSTO PELA UE,para não cairmos numa situação de crise como a Grécia e a Espanha...

 

Já há muitos anos que se RECONHECE que PORTUGAL não consegue acompanhar o passo dos restantes países da União Europeia...Se não é o último dos 27,não tardará a sê-lo...

Muito se tem escrito sôbre os programas orçamentais,o seu cumprimento no sentido de ver LEVANTAR a ESTABILIDADE DO PÔVO português!!!.

Cada vez mais ,o pôvo ou mudando de nomenklatura,os portugueses sentem que existe "UM EIXO DO MAL"...

Mas os portugueses têm mêdo de falar,de se manifestar ,desconfiados,os que tem emprêgo tem mêdo de o perder,os que o não tem sabem que só a subserviência ao poder é que poderá resolver e/ou atenuar todo este "mal estar" que sentimos...

O mal ,já vem de longe.Mas vamos apenas falar no após ao 25 de ABRIL.Os capitães de Abril tiveram pressa em entregar o poder que, foi de mão beijada e sem condições prévias e as que havia não foram cumpridas....A maior parte das condições e DECRETOS ficaram na gavêta e os militares,depois de entregar o poder aos civis ,retiraram-se de rabo metido entre as pernas ...

Mas ,isto é como tudo.Aparecem logo os exilados da politica( ou os RETORNADOS da politica,para não confundir) e moldam as instituições à maneira

que ouviam lá por fora,sem qualquer experiência ,que não fôsse apenas ,acumular fortunas...E desde o grande escândalo do FAX de MACAU,do acidente do avião lá pelos lados da JAMBA,confirmado por um responsável angolano,até aos caso mais recentes ,demasiados falados,quer em Portugal quer no estrangeiro,MOTIVARAM o DESCRÉDITO de PORTUGAL e dos portugueses,especialmente daqueles que em virtude do mal estar actual interno,procuram outras paragens pelo estrangeiro como que abandonando o país aos que ficam por cá...

Mas ,não iremos muito longe...

Quando penso no que li em que um banqueiro  RECEBE de ordenado 1,050 milões de € e ainda por cima recebe cerca de 650 mil €uros de prémio

de exrcício de funções,enquanto sabe que os vencimentos dos que lhe obedecem não passam muito do vencimento minimo...

Vendo assim os altos salários dos Srs do poder do dinheiro,apenas PENSO QUE ESTAMOS A ENTRAR NUM PERÍODO SÉRIO DE ESCRAVATURA,DE MÊDO,DE FALTA DE DIGNIDADE DE UNS E OUTROS E AINDA DE COBARDIA DE QUEM SE SUJEITA A ESTAS SITUAÇÕES...VAMOS COM MAIS DE 16.000

DESEMPREGADOS e os que estão no emprêgo não resta senão subjugarem-se a um ordenado minimo sem regalias,mesmo sociais e ainda outra

classe de semi -desempregados empregdos por 1 ou dois meses de forma que não haja possibilidade de perfazer um tempo para obter um salário minimo com vistas ao subsidio de desemprêgo...

Responsabilizo pelo que se está a passar tanto o Primeiro Ministro como o Presidente da República..O que é que estes dois orgãos de soberania

pensam desta soberania da NAÇÃO ,neste contexto ????

Uma Assembleia da República constituida por 230 deputados,a maior parte ,sem experiência da vida,fazendo desse serviço de DEPUTADO a primeira profissão ,sem conhecer sequer as malhas e inserção dos portugueses na VIDA REAL .

O próprio presidente da AR ,sente-se um SHEIK com os carros de luxo que tem ao seu serviço ( 2 )...

 

Quando lemos e vê-se a ostentação pelos carros de luxo o exibicionismo dos cartões de crédito ,etc,sabemos que existe uma élite SEM CARACTER,SEM VERGONHA,Não se lembrando esses Senhores de que estão a usar o dinheiro dos nossos impostos,de que há 2 milhões de pobres " de PEDIR",

No fim de contas NÃO HÁ JUSTIÇA na DISTRIBUIÇÃO DA RIQUESA,NÃO HÁ JUSTIÇA para os processos escandalosos como é o da CASA PIA que mais parece que ficou como tudo no rol do esquecimento.

Por outro lado,temos um primeiro Ministro que corroborando com a ROSETA,julgo que é forte demais para aguentar toda esta volupia para o destronar,ficando os portugueses SEM SABER se é verdade ou mentira tudo em que se diz que estar metido...

Pessoalmente acredito em algumas conversas,em alguns favôres que tenha feito,algumas " cunhas " que tenha recebido,mas são resultantes

da DEMOCRACIA...Isto não é só dar beijinhos aos feirantes quando se está em propaganda eleitoral...

 

Mas ,não há dúvidas que o mais ULTRAJANTE para os portugueses é a distribuição da riquesa...PERGUNTO,SR PRIMEIRO MINISTRO ,por que não ha ou não se establece um vencimento de EXECUTIVOS MÁXIMO???

Esta discrepância entre executivos ,funcionalismo público e privado ,quando comparada,é um convite para o absentismo no trabalho ,na falta de interesse,a " executivos " de influências ,,,

SR Primeiro Ministro reparou naquele executivo ,ou administrador " virado para o futebol" ??'Julga que está correcto ?'' Depois é claro vem a saber-se que é " BARROSO E SOARES" e lá estamos nós metidos em situações de élites ...Não há concursos públicos e se os há é só para os " internos" etc etc...,para os familiares dos governantes e politicos que formam dos lobies politicos dos partidos...

Toda a ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA é um cenário de um teatro onde os actores são os deputados  que ora,para inglês ver,se atiram a um partido e fazendo assim rotação,por que NÃO LHES INTERESSA MUDAR O STATUS...Caso contrário,teriamos NOVAS ELEIÇÕES e poderiam não serem eleitos e lá se iam 4 anos de mama na grande mangedoura do ESTADO.O OGE que ninguém percebe ,por que é feito para ninguem perceber e é feito com várias intenções que não aquelas de ajudar os portugueses...É fá cil CRIAR sacos AZUIS,È fácil a confusão e quando submetido ao Tribunal Administrativo ,já tarde e a más horas,sem poder de rectificar,é que aparecem as DERRAPAGENS,etc etc ...

 

Este é um país que DEUS ME LIVRE ,brevemente...Ainda tenho esperança num PORTUGAL LIMPO destas " melgas" e desparasitar toda a claque

politica ...Espero isso...QUERO OUVIR A CANTAR ..".E depois do Adeus"

 

 

De Fonseca dos Santos,

Lx,22 de Março de 2010

publicado por blogdaportugalidade às 18:26
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 21 de Março de 2010

NECO e a sua poesia no DIA MUNDIAL

 

TANTO TIVESTE QUE LUTAR E TRABALHAR

SEM QUAISQUER BENEFÍCIOS OU MERCÊS

PARA QUÊ, SE NÃO TE QUERIAM PORTUGUÊS ?

 

                        Por este corpo me corre, Senhores,

ora calmo e forte, ora desesperado,

o sangue, tantas vezes derramado

dos vossos indómitos fundadores…

 

Dessa mesma gente que, por toda a parte

onde passou, sofreu, labutou e venceu

os elementos - único e eterno inimigo seu -,

e lhes impôs a marca do seu valor e arte…

 

E foi assim, no Brasil, no Reino das abastanças,

a vítima ideal da sua revolta contra os Braganças.

O mesmo depois será na imensa Índia, Macau e Timor.

 

Mas aqui, em território nacional, esperava-os o pior.

Ao voltar de Angola e Moçambique, o maior Amor seu,

o Povo, só como «Retornados» nos quis e reconheceu…

 

 

NECO

 

 

21.03.2010

 

Hoje, Dia Mundial da Poesia. não quisemos

deixar de assinalar a data.

publicado por blogdaportugalidade às 19:22
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 20 de Março de 2010

QUANTO PAGAMOS POR UMA FEIRA ...DA LADRA,do BLA,BLA


 

 Os vencimentos dos queridos deputados

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Diário da República nº 28 - I série- datado de 10 de Fevereiro de 2010 - RESOLUÇÃO da Assembleia da República nº 11/2010.
Poderão aceder através do site http://WWW.dre.pt
Vamos ler;
Algumas rubricas do orçamento da Assembleia da Republica
1 - Vencimento de Deputados ...........................12 milhões 349 mil Euros
2 - Ajudas de Custo de Deputados........................2 milhões 724 mil Euros
3 - Transportes de Deputados ...........................3 milhões 869 mil Euros
4 - Deslocações e Estadas ..............................2 milhões 363 mil Euros
5 - Assistência Técnica (??) ...........................2 milhões 948 mil Euros
6 - Outros Trabalhos Especializados (??) ...............3 milhões 593 mil Euros
7 - RESTAURANTE,REFEITÓRIO,CAFETARIA..............961 mil Euros
8 - Subvenções aos Grupos Parlamentares.................970 mil Euros
9 - Equipamento de Informática .........................2 milhões 110 mil Euros
10- Outros Investimentos (??) ..........................2 milhões 420 mil Euros
11- Edificios ..........................................2 milhões 686 mil Euros
12- Transfer's (??) Diversos (??)......................13 milhões 506 mil Euros
13- SUBVENÇÃO aos PARTIDOS na A. R. ..................16 milhões 977 mil Euros
14- SUBVENÇÕES CAMPANHAS ELEITORAIS ....73 milhões 798 mil Euros

Em resumo e NO TOTAL a DESPESA ORÇAMENTADA para o ANO de 2010, é :€ 191 405 356,61 (191 Milhões 405 mil 356 Euros e 61 cêntimos) - Ver Folha 372 do acima identificado Diário da República nº 28 - 1ª Série -, de 10 de Fevereiro de 2010.
Vamos lá então ver se isto agora já o começa a incomodar um "bocadinho". Repare:
Cada deputado, em vencimentos e encargos directos e indirectos custa ao País, cerca de 700.000 Euros por ano. Ou seja cerca de 60.000 Euros mês. 

Paga e não bufes!
O asno ibérico esteve em vias de extinção mas conta agora com uma população de dez milhões.

 O  funcionário público,os desempregados,todos aqueles que se julgam NÃO SEREM

funcionários públicos,mas no fim de contas ,SÃO...etc,etc

 

Estão admirados?
Então que dizer do subsídio de renda de ¤1.150,00 mensais que o nosso ministro das finanças recebe, pelo facto de ter a residência "permanente" no Porto e já está em Lisboa há seguramente mais de 10 anos...
 
 

 

Uns invejosos, estes professores!


VEJAM ESTE ESCÂNDALO !!!!!


Ora, então os professores e os outros trabalhadores que têm que se deslocar das suas residências, para trabalhar a quilómetros de distância, deixando filhos, conjuge, pais com idade avançada... que paguem dos seus gordos, chorudos e imerecidos salários!!!!
 
Mas será possível que andemos todos numa de "zombies"????
 Mas será possível que "essas coisas" voltem a ganhar eleições?
 Chego a sentir nauseas só de pensar...
 Pessoal, vamos lá a acordar!
 
Breve chegará a altura de escolher o que queremos para nós, para os nossos filhos e netos. Eu não quero isto, nem para mim nem para eles, nem para vós.
 
 

 

Assunto: Despacho n.º 9810/2009: subsídio mensal de residência de ¤ 941,25!

Despacho n.º 9810/2009
Considerando que, nos termos do disposto no Decreto -Lei n.º 331/88, de 27 de Setembro, pode ser atribuído um subsídio de residência aos titulares do cargo de director -geral e de outros expressamente equiparados, à data da nomeação no local onde se encontre sedeado o respectivo
organismo;
Considerando que o Prof. Doutor José Alexandre da Rocha Ventura Silva, presidente do Conselho Científico para a Avaliação de Professores, lugar expressamente equiparado a director -geral, tem a sua residência permanente em Aveiro:
Assim, nos termos do disposto no artigo 2.º do Decreto -Lei n.º 331/88, de 27 de Setembro, determina -se o seguinte:


1 -- É atribuído ao presidente do Conselho Científico para a Avaliação
de Professores
, Prof. Doutor José Alexandre da Rocha Ventura Silva, um
subsídio mensal de residência no montante de ¤ 941,25, a suportar pelo orçamento da Secretaria -Geral do Ministério da Educação e actualizável nos termos da portaria de revisão anual das tabelas de ajudas de custo.
2 -- O presente despacho produz efeitos desde 1 de Novembro de
2008.


12 de Fevereiro de 2009. -- O Ministro de Estado e das Finanças, Fernando Teixeira dos Santos. -- Pela Ministra da Educação, Jorge Miguel de Melo Viana Pedreira, Secretário de Estado Adjunto e da Educação.
E os professores desterrados com família?

 

E OS MALANDROS SOMOS NÓS... O ZÉ POVINHO
 

 8 milhões estão a olhar para os nossos POLITICOS...e ainda para os LOBIES


 
publicado por blogdaportugalidade às 16:11
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 16 de Março de 2010

RESUMO DO ESTADO MORAL DA NAÇÃO....


 

                                             Data: 15 de março de 2010 17:57


                           Artigo de Clara Ferreira Alves, no Expresso



(POR CLARA FERREIRA ALVES)
Não admira que num país assim emerjam cavalgaduras, que chegam ao topo, dizendo ter formação, que nunca adquiriram, (Olá! camaradas Sócrates...Olá! Armando Vara...), que usem dinheiros públicos (fortunas escandalosas) para se promoverem pessoalmente face a um público acrítico, burro e embrutecido.
Este é um país em que a Câmara Municipal de Lisboa, desde o 25 de Abril distribui casas de RENDA ECONÓMICA - mas não de construção económica - aos seus altos funcionários e jornalistas, em que estes últimos, em atitude de gratidão, passaram a esconder as verdadeiras notícias e passaram a "prostituir-se" na sua dignidade profissional, a troco de participar nos roubos de dinheiros públicos, destinados a gente carenciada, mas mais honesta que estes bandalhos.
Em dado momento a actividade do jornalismo constituiu-se como O VERDADEIRO PODER. Só pela sua acção se sabia a verdade sobre os podres forjados pelos políticos e pelo poder judicial. Agora contínua a ser o VERDADEIRO PODER mas senta-se à mesa dos corruptos e com eles partilha os despojos, rapando os ossos ao esqueleto deste povo burro e embrutecido. 
Para garantir que vai continuar burro o grande cavallia (que em português significa cavalgadura) desferiu o golpe de morte ao ensino público e coroou a acção com a criação das Novas Oportunidades.
Gente assim mal formada vai aceitar tudo e o país será o pátio de recreio dos mafiosos.
A justiça portuguesa não é apenas cega. É surda, muda, coxa e marreca.
Portugal tem um défice de responsabilidade civil, criminal e moral muito maior do que o seu défice financeiro, e nenhum português se preocupa com isso, apesar de pagar os custos da morosidade, do secretismo, do encobrimento, do compadrio e da corrupção. 
Os portugueses, na sua infinita e pacata desordem existencial, acham tudo "normal" e encolhem os ombros. 
Por uma vez gostava que em Portugal alguma coisa tivesse um fim, ponto final, assunto arrumado. 
Não se fala mais nisso. Vivemos no país mais inconclusivo do mundo, em permanente agitação sobre tudo e sem concluir nada.
Desde os Templários e as obras de Santa Engrácia, que se sabe que, nada acaba em Portugal, nada é levado às últimas Consequências, nada é definitivo e tudo é improvisado, temporário, desenrascado.
Da morte de Francisco Sá Carneiro e do eterno mistério que a rodeia, foi crime, não foi crime, ao desaparecimento de Madeleine McCann ou ao caso Casa Pia, sabemos de antemão que nunca saberemos o fim destas histórias, nem o que verdadeiramente se passou, nem quem são os criminosos ou quantos crimes houve.
Tudo a que temos direito são informações caídas a conta-gotas, pedaços de enigma, peças do quebra-cabeças. E habituámo-nos a prescindir de apurar a verdade porque intimamente achamos que não saber o final da história é uma coisa normal em Portugal, e que este é um país onde as coisas importantes são "abafadas", como se vivêssemos ainda em ditadura.
E os novos códigos Penal e de Processo Penal em nada vão mudar este estado de coisas. Apesar dos jornais e das televisões, dos blogs, dos computadores e da Internet, apesar de termos acesso em tempo real ao maior número de notícias de sempre, continuamos sem saber nada, e esperando nunca vir a saber com toda a naturalidade.
Do caso Portucale à Operação Furacão, da compra dos submarinos às escutas ao primeiro-ministro, do caso da Universidade Independente ao caso da Universidade Moderna, do Futebol Clube do Porto ao Sport Lisboa Benfica, da corrupção dos árbitros à corrupção dos autarcas, de Fátima Felgueiras a Isaltino Morais, da Braga Parques ao grande empresário Bibi, das queixas tardias de Catalina Pestana às de João Cravinho, há por aí alguém quem acredite que algum destes secretos arquivos e seus possíveis e alegados, muitos alegados crimes, acabem por ser investigados, julgados e devidamente punidos?
Vale e Azevedo pagou por todos?
Quem se lembra dos doentes infectados por acidente e negligência de Leonor Beleza com o vírus da sida?
Quem se lembra do miúdo electrocutado no semáforo e do outro afogado num parque aquático?
Quem se lembra das crianças assassinadas na Madeira e do mistério dos crimes imputados ao padre Frederico?
Quem se lembra que um dos raros condenados em Portugal, o mesmo padre Frederico, acabou a passear no Calçadão de Copacabana?
Quem se lembra do autarca alentejano queimado no seu carro e cuja cabeça foi roubada do Instituto de Medicina Legal?
Em todos estes casos, e muitos outros, menos falados e tão sombrios e enrodilhados como estes, a verdade a que tivemos direito foi nenhuma.
No caso McCann, cujos desenvolvimentos vão do escabroso ao incrível, alguém acredita que se venha a descobrir o corpo da criança ou a condenar alguém?
As últimas notícias dizem que Gerry McCann não seria pai biológico da criança, contribuindo para a confusão desta investigação em que a Polícia espalha rumores e indícios que não têm substância.
E a miúda desaparecida em Figueira? O que lhe aconteceu? E todas as crianças desaparecida antes delas, quem as procurou?
E o processo do Parque, onde tantos clientes buscavam prostitutos, alguns menores, onde tanta gente "importante" estava envolvida, o que aconteceu?
Arranjou-se um bode expiatório, foi o que aconteceu.
E as famosas fotografias de Teresa Costa Macedo? Aquelas em que ela reconheceu imensa gente "importante", jogadores de futebol, milionários, políticos, onde estão? Foram destruídas? Quem as destruiu e porquê?
E os crimes de evasão fiscal de Artur Albarran mais os negócios escuros do grupo Carlyle do senhor Carlucci em Portugal, onde é que isso pára?
O mesmo grupo Carlyle onde labora o ex-ministro Martins da Cruz, apeado por causa de um pequeno crime sem importância, o da cunha para a sua filha.
E aquele médico do Hospital de Santa Maria, suspeito de ter assassinado doentes por negligência? Exerce medicina?
E os que sobram e todos os dias vão praticando os seus crimes de colarinho branco sabendo que a justiça portuguesa não é apenas cega, é surda, muda, coxa e marreca.
Passado o prazo da intriga e do sensacionalismo, todos estes casos são arquivados nas gavetas das nossas consciências e condenados ao esquecimento.
Ninguém quer saber a verdade. 
Ou, pelo menos, tentar saber a verdade.
Nunca saberemos a verdade sobre o caso Casa Pia, nem saberemos quem eram as redes e os "senhores importantes" que abusaram, abusam e abusarão de crianças em Portugal, sejam rapazes ou raparigas, visto que os abusos sobre meninas ficaram sempre na sombra.
Existe em Portugal uma camada subterrânea de segredos e injustiças, de protecções e lavagens, de corporações e famílias, de eminências e reputações, de dinheiros e negociações que impede a escavação da verdade.
Este é o maior fracasso da democracia portuguesa
Clara Ferreira Alves - "Expresso"

 


 
publicado por blogdaportugalidade às 18:52
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Março de 2010

OUÇAM...OUÇAM...O VENTO PASSOU...

 

 

publicado por blogdaportugalidade às 18:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 14 de Março de 2010

AS CONSULTAS NOS HOSPITAIS MILITARES :::E ESTE É O PRINCIPAL

QUER UMA CONSULTA DE PRIVILÉGIOS MILITARES???É INVÁLIDO DIABÉTICO ;REFORMADO E ANDOU A DEFENDER A PÁTRIA???? TOME!!!

O MELHOR É IR PARA O AFGANISTÃO..Lá tratam-lhe da saúde...

Quantas consultas dão os médicos militares por dia ??? Quem Controla ???

publicado por blogdaportugalidade às 18:23
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 13 de Março de 2010

POR QUE NÃO SE DEMITE O PGR E NÃO SE MANDA AVERIGUAR AS ORIGENS DA RIQUESA DE SÓCRATES;CONHECIDO PELO RAPAZ DAS SAPATILHAS....>>>>

 
 

Março 2010

*Há que investigar a riqueza de José Sócrates e investigar as lojas
maçónicas do GOL *

Todos sabem que eu não morro de amores por José Sócrates.
Desde logo não consigo perceber como José Sócrates é tão rico, mas aufere
mensalmente menos que eu!
Sócrates sempre foi uma pessoa pobre.
Não passava de mero funcionário de uma Câmara Municipal.Com um vencimento
baixíssimo.
Depois não passava de mero deputado, com um vencimento baixo e que não dá
para grandes voos.
Nem como secretário de estado ganhava algo que se visse.
De repente, José Sócrates e a sua família, aparecem como as debutantes nos
bailes da Associação Comercial do Porto! Ricos, anafados!
*Sócrates é imensamente rico, cliente da loja mais cara dos Estados Unidos,
a comprar fatos de 50 mil dólares - isto num país em que há 40% de pobres! -
a mãe que era empregada doméstica, passa a rica proprietária!
*Uma ofensa ao Povo Português!|
Depois temos Vale e Azevedo como vizinho de Sócrates, no mesmo prédio, e as
manobras no Reino Unido para evitarem a extradição de Vale e Azevedo!
Isto aliado ao facto de se saber que o PM do Reino Unido é amigo do casal
pai da miúda desaparecida no Algarve e que houve um ataque à PJ portuguesa,
inacreditável, é obra!
*Sócrates tem sido o pior PM da história portuguesa, mas a PGR tem agido
como se sabe*.
*Todas as trapalhadas de José Sócrates têm esbarrado na PGR*, dizendo até
alguns que há protecção.
*Por mais indícios que haja, **Sócrates** safa-se sempre*.
*Tudo aponta para manobras da Maçonaria - uma organização criminosa no
sub-mundo português* - *e o apoio do homem que negociava em marfim de sangue
e em diamantes de sangue, que é **Mário Soares**, mais o filho aviador que
caiu na Jamba.
Portugal está um lodaçal.
Portugal é uma república de criminosos* onde qualquer irmão da Maçonaria
está livre.
*António Vitorino* fugiu aos impostos e deixou de ser ministro, mas é
comentador!
*Murteira Nabo* parece que fugiu aos impostos, mas é importante!
*Sócrates* nem tem uma licenciatura limpa, verdadeira, mas é engº!
Licenciatura de fim de semana, numa universidade gerida por gente que está
acusada de crimes de organização criminosa, burla, falsificação de
documentos!!!
Na Assembleia da República Sócrates já era engº antes de ter qualquer curso,
embora viciado.
Até o site oficial do governo dizia que Sócrates era licenciado em
"engenheiria"!
Pobres assessores de Sócrates que nem sabem a diferença entre engenharia e
engenheiria!
A PGR existe?
*O PGR sabe o que está a fazer?
*Basta de vigarices!
*Os portugueses têm de deixar de ser carneiros.
Os políticos são apenas indivíduos!
O Procurador-Geral da República, que é um homem da confiança do PS,* não
pode impedir a Assembleia da República de conhecer os seus despachos.
Ou o PGR é o único na União Europeia que faz o que quer e age como quer sem
controlo?
Basta o PGR arquivar sem ninguém poder reagir?
*Que porcaria de ordem política e jurídica é esta?
*Não pode ser.
O PGR deve é demitir-se ou ser demitido.
*O Presidente da República não pode aceitar isto!
*Basta de andar em Andorra a engraxar os pobres emigrantes portugueses que
são escorraçados de Portugal pelas políticas miseráveis dos políticos
portugueses!
Eu se fosse PR demitia já o PGR. Obrigava o PM a retirar-lhe a confiança e
demita o PGR. E depois demitia Sócrates! "Obviamente, demito-o".
Até porque tenho uma enorme consideração pelos magistrados portugueses, que
estão ofendidos pela manutenção do PGR.
Ninguém tenha disso dúvida!
Para mim, como membro do Povo e como advogado, o PGR tem de mostrar os
despachos, até para ser responsabilizado, se for caso disso.
*Do ponto de vista legal, o PGR* está sujeito às normas que punem quem
decide contra direito, favorecendo outrem.
Liquido e cristalino!
Temos de conhecer os despachos!
O PGR foi juiz do STJ mas como PGR não é livre para decidir de uma forma ou
de outra.
*Mesmo as decisões do STJ são sindicáveis no Tribunal Constitucional e no
Tribunal Europeu dos Direitos do Homem*!
Então o PGR pode decidir como quer e pensa que nada nem ninguém o pode
questionar?
Estamos no Zimbabwe ou quê?
Portugal virou estado ditatorial?
*Sócrates não pode pensar que faz tudo e tem a PGR mais os magistrados
maçóns a protegê-lo.!*
Se assim for há que agir e alterar isto.
A PGR tem de fazer o que fazem em Itália : Investigar a máfia das lojas
maçónicas.
Porque se assim não for vamos ter graves problemas.
Demissão do PGR, já!|

Etiquetas: ue são<http://josemariamartins.blogspot.com/search/label/ue%20s%C3%A3o>

Nota de fonseca dos santos,em 14mar2010

EU CULPO O SR PRESIDENTE DA REPÚBLICA POR DEIXAR ENTRAR ESTE RUÍDO

NO PORTUGAL QUE, AFINAL ,AINDA É DOS PEQUENINOS...



 

publicado por blogdaportugalidade às 17:36
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

19
20
21
22

24
26
27
29

30


.posts recentes

. NINGUÉM SE PREOCUPA CO...

. ESBANJAMENTO DE DINHEI...

. E ASSIM SE VAI VE...

. LER PORTAGENS NAS SCUTS,...

. UMA CARTA DE RUY DE CA...

. MOVIMENTO CONTRA O NAO : ...

. UMA CARTA AO SR (SENHO...

. CONGRESSO DEMOCRÁTICO DAS...

. AFINAL ,QUEM É O SINDI...

. PARA TODOS OS PORTUGUESES...

.arquivos

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.favorito

. AH....GRANDE VINTE E CIN...

. As novas oportunidades

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds